Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

língua-de-cão

língua-de-cãolíngua-de-cão | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

lín·gua·-de·-cão lín·gua·-de·-cão


nome feminino

[Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea (Cynoglossum officinale) bienal, da família das boragináceas, de caule hirsuto e folhas pilosas de ambos os lados, inflorescência ramificada, com propriedades calmantes. = CINOGLOSSA

Plural: línguas-de-cão.Plural: línguas-de-cão.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "língua-de-cão" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

-em-desprezo. Edmondo de Amicis – finalmente lido na íntegra. Compreensão de Proust/Joyce/Pessoa. Catalazete/Oeiras. Norte e Soure. A Língua Portuguesa como Viagem Vital. Aceitar que nunca se irá a Paris. Nem a Londres. Continuar escrevendo textos esquisitos. Unificação pessoal. Seguir guardando pétalas entrepáginas…

Em daniel abrunheiro

viveiro de escritos dispersos Tudo senti – e sinto Vivo irremediavelmente Por dez-réis de mal, perdão, de mel-coado Como cão que escrever soubesse Verdade? Verdade Olhar, olhei – belas demãos de azul Milhões de mortos depois Faz sempre jeito quem possa valer-nos Outro sábado do mesmo Carácter da pessoa

Em daniel abrunheiro

Atletas Olímpicos — CAO , que esteve presente em Tóquio com o seu Presidente e com o Coordenador do Gabinete do Atleta, o Açoriano Ricardo Bendito. Importa ressalvar que outros elementos da CAO estiveram presentes, mas na qualidade de atletas, como sejam o Emanuel Silva (canoagem), o João Pereira (triatlo

Em O INDEFECTÍVEL

pressa que eles tinham em ser novidade. O corriqueiro em que o novo tão depressa se torna. A importância dada ao que deveras a não tem, nunca a teve por aí além. Gosto da língua em que estão escritos. E do modo como os caracteres ficam, de costas para o papel, a olhar-nos de barriga. Receitas culinárias

Em daniel abrunheiro

individuá-los Como quem dá banho ao cão & alfafa aos cavalos Arroto & m’abarroto & aljub’arroto chocos-com-tinta Muito bajulo eu a Portuguesa Língua ! Muito eu lambeboto tal Formosa! Creio feérica sem nódoa a rociada rosa Já quanto à gardénia- de -lapela, distingo-a Do fúnebre branco lírio, colírio lutuos

Em daniel abrunheiro
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase «O sentinela era um jovem soldado sem nome.» está correctamente aplicado o artigo definido masculino singular «O», ou deverá antes aplicar-se o artigo definido feminino «A» precedendo o nome «sentinela»? Em diferentes textos, surgem as duas diferentes formas, o que me levou a aperceber-me de uma vacilação de género; qual a preferível? E em relação a «ordenança» (enquanto soldado)?
A palavra sentinela designa, numa das suas acepções, o soldado ou, em contextos civis, a pessoa encarregada de efectuar a vigilância. Apesar de poder designar uma pessoa de sexo masculino, esta palavra surge nos dicionários como substantivo sobrecomum, registada apenas com o género feminino, à semelhança de outras palavras como criança ou pessoa. Por este motivo, será aconselhável a frase "A sentinela era um jovem soldado sem nome."

Apesar de o caso de ordenança poder parecer semelhante, o registo em dicionários confere-lhe habitualmente classificação lexical de substantivo de dois géneros, o que faz com que seja possível "O ordenança era um jovem soldado sem nome."

Esta questão varia consoante algumas especificidades lexicais de cada palavra, mas também consoante as actualizações lexicográficas feitas pelos dicionários a partir dos usos linguísticos ou de alterações sociais, culturais ou tecnológicas. O caso é porventura um pouco diferente, mas veja-se, a título de exemplo, a palavra segurança, que passou a ter, nas últimas décadas, uma acepção de substantivo de dois géneros.




Se ilibarem não existe, qual é o eventual sinónimo? Auto-justificação ou autojustificação?
A flexão ilibarem está correcta e corresponde à 3ª pessoa do plural do futuro do conjuntivo e à 3ª pessoa do plural do infinitivo flexionado do verbo ilibar. O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa reconhece formas verbais, apresentando a forma no infinitivo com a respectiva definição.
O prefixo auto- é apenas seguido de hífen quando o elemento posterior se inicial com vogal, h, r ou s, pelo que deverá escrever autojustificação. Sobre este assunto, pode consultar outra dúvida já respondida sobre o mesmo assunto em autopercepção.

pub

Palavra do dia

ul·tra·con·ge·la·ção ul·tra·con·ge·la·ção


(ultra- + congelação)
nome feminino

Processo de congelação a uma temperatura muito baixa, geralmente inferior a 40 graus negativos, e num curto período de tempo, para melhor conservar características físicas e químicas (ex.: ultracongelação do pescado).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/l%C3%ADngua-de-c%C3%A3o [consultado em 22-09-2021]