Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

justeza

justezajusteza | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

jus·te·za |ê|jus·te·za |ê|


(justo + -eza)
nome feminino

1. Qualidade do que é justo.

2. Exactidão ou precisão na medição (ex.: justeza de um instrumento de medida).

3. Certeza.

4. Conveniência.

5. Propriedade.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "justeza" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Apesar de termos alinhado contra 10 desde os 27’, a justeza do nosso triunfo foi incontestável e é de salientar termos mantido a invencibilidade mesmo...

Em N

Há muito boa gente que questiona a justeza de alguns prémios, como é o caso do Nobel da Literatura, normalmente o que...

Em largo da memória

...a falar de um filme documental com apenas 32 minutos de duração, que, pela justeza e pudor lírico, revolucionou a abordagem do terror do Holocausto, permitindo abrir a discussão...

Em BioTerra

...desfazer e voltar a criar, obedecendo, como os escritores, a um alto critério de justeza , proporção e medida (16)..

Em BioTerra

No entanto, a justeza do nosso triunfo não pode ser colocada em

Em N
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo "saraivar" é um verbo abundante, depoente ou impessoal?
A tradição gramatical (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14.ª ed., Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, pp. 442-443) considera saraivar um verbo impessoal, isto é, com flexão apenas na 3.ª pessoa do singular e usado em frases desprovidas de sujeito (ex.: Saraivou durante a manhã). No entanto, é de referir que nem sempre há consenso entre os gramáticos quanto à defectividade de um dado verbo. De facto, obras como o Dicionário de Verbos Portugueses (Porto: Porto Editora, s.d.) ou o Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa (versão 1.0, Instituto Antônio Houaiss, Dezembro de 2001), por exemplo, apresentam a conjugação completa deste verbo. Por seu lado, o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007) classifica saraivar como verbo impessoal apenas na acepção de “cair saraiva”, apresentando a sua conjugação completa no paradigma de nevar, com as formas impessoais destacadas, observando que estes verbos podem ser conjugados hipoteticamente em todas as pessoas (ex.: As pedras saraivavam do topo da montanha).



Qual a frase correcta e porquê?
1 - Não tens nada a ver com isso.
2 - Não tens nada a haver com isso.
Apesar de a frase 1 ser, estatística e semanticamente, a mais provável, nenhuma das frases está incorrecta. Na frase 1 a locução ter a ver com significa "estar relacionado" ou "dizer respeito" (ex.: essa questão não tem nada a ver com a empresa). Na frase 2 a locução ter a haver, muito mais rara, significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: não tenho nada a haver deles mas também não lhes devo nada).

A semelhança fonética entre as duas locuções acima explicitadas está na origem desta dúvida, comum a muitos falantes de português. No entanto, na estrutura tu não tens nada a _____ [ver/haver] com isso, é altamente provável que a intenção seja a de indicar que o assunto de que se está a falar [isso] não diz respeito ao interlocutor, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase 1.

pub

Palavra do dia

a·cap·no a·cap·no


(latim acapnus, -a, -um, do grego ákapnos, -os, -on)
adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

Diz-se de ou o melhor mel que se extrai da colmeia sem expulsar as abelhas por meio de fumo.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/justeza [consultado em 01-12-2022]