Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

insistir

insistirinsistir | v. tr. e intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

in·sis·tir in·sis·tir

- ConjugarConjugar

(latim insisto, -ere, parar, deter-se, apoiar-se)
verbo transitivo e intransitivo

1. Repetir ou manter uma afirmação, uma acção ou um comportamento, sem desistir ou aceitar recusa (ex.: ele insiste em fazer a mesma coisa; insisto que este procedimento tem de ser revisto; não vou insistir mais com ele; por favor, aceite, nós insistimos). = OBSTINAR-SE, TEIMAR

2. Pedir com insistência. = INSTAR

3. Não desistir de algo ou não ceder em relação a algo ou alguém. = CONTINUAR, PERSISTIR, PERSEVERAR, TEIMAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "insistir" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Bavária ou Baviera? Não é Baviera a forma portuguesa para a região alemã Bayern? A Wikipedia diz "Bavária - forma ortograficamente incorreta em português" e o vosso corretor FLiP reconhece as duas formas...
Ambas as formas estão previstas nos dicionários e vocabulários de referência, sendo que Baviera é a forma que vem pelo francês e Bavária a forma mais próxima do étimo latino.

José Pedro Machado, no seu Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa (Ed. Confluência, Lisboa, 1984) remete Bavária para Baviera. Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra, Coimbra Editora, 1966), diz que Baviera é forma menos preferível que Bavária mas consagrada pelo uso. O FLiP reconhece por isso as duas formas.




Usa-se preposição depois de ante? Ex.: A música foi executada ante ao rei. ou A música foi executada ante o rei.
A palavra ante é uma preposição e, como regra geral, as preposições não ocorrem em posições adjacentes. Os casos excepcionais de acumulação de preposições dizem respeito a ocorrências de duas preposições que pertencem ao mesmo constituinte, mas não formam uma locução, antes mantêm cada uma o seu valor (ex.: deu uma corrida por entre as árvores; saiu de entre a folhagem; o pássaro vive em grupos de até 100 indivíduos; voava por sobre as nuvens; subiu até ao último degrau; fui injusto para com o miúdo). Esta combinação de preposições não é obrigatória (na maioria dos casos, poderia estar presente apenas uma das preposições), e é entendida como reforço ou ênfase. Apesar de utilizadas por muitos escritores consagrados, como Eça ou Camilo, estas construções são mesmo desaconselhadas ou consideradas erróneas por alguns autores.

A preposição ante não pertence, contudo, ao grupo de preposições que mais usualmente se combinam com outras (até a, com até, de até, de sob, de sobre, de entre, para com, para entre, para sob, para sobre, por entre, por sob, por sobre), pelo que será preferível a utilização de A música foi executada ante o rei em detrimento de A música foi executada ante ao rei.

pub

Palavra do dia

jor·na·de·ar jor·na·de·ar

- ConjugarConjugar

(jornada + -ear)
verbo intransitivo

Ir de jornada, de viagem. = VIAJAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/insistir [consultado em 14-04-2021]