PT
BR
Pesquisar
Definições



infectar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
infectarinfetar ou infectarinfectar
|èt| ou |èct| |èt| ou |èct| |èct|
( in·fec·tar in·fe·tar ou in·fec·tar

in·fec·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tornar infecto.


verbo transitivo e intransitivo

2. Causar ou sofrer infecção. = INFECCIONAR

3. Causar ou sofrer contágio ou contaminação. = CONTAGIAR, CONTAMINAR

4. Perder ou tirar qualidades morais. = CONTAGIAR, CORROMPER

etimologiaOrigem etimológica:latim infectus, -a, -um, particípio passado de inficio, -ere, mergulhar em, tingir, manchar, impregnar, estragar, infectar + -ar.
sinonimo ou antonimo Dupla grafia pelo Acordo Ortográfico de 1990: infetar ou infectar.
sinonimo ou antonimo Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: infectar.
grafiaGrafia no Brasil:infectar.
grafiaGrafia em Portugal:infetar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "infectar" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Na frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa estou em dúvida quanto ao uso da palavra único no plural.
O substantivo defeito é masculino (ex.: o copo tem um defeito) e o adjectivo único concorda em género e número com o substantivo que modifica (ex.: nestas férias não leu um único livro, vendeu as únicas jóias que possuía), pelo que a frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa está correcta.



Gostaria de saber o aumentativo de balão (de ar) e de bala (de chupar).
O uso expressivo do grau aumentativo gera por vezes formas pouco frequentes, nem sempre registadas nos principais dicionários de língua, o que não invalida a sua boa formação. Assim, os substantivos balão e bala podem formar os aumentativos balãozão e balazona, respectivamente, ainda que relativamente informais. É ainda possível gerar outros aumentativos, seguindo processos igualmente regulares da língua para esse efeito; por exemplo, bala pode formar o aumentativo masculino balão (tal como boca e cadeira formam os aumentativos bocão e cadeirão), mas, como esta forma é homónima do substantivo masculino balão (“invólucro que contém ar”), é ambígua e pode originar má interpretação. Alternativamente, pode também utilizar adjectivos que traduzam a ideia de grandeza, como, por exemplo, grande ou enorme: bala enorme, balão grande, etc.