PT
BR
Pesquisar
Definições



indemnizado

A forma indemnizadopode ser [masculino singular particípio passado de indemnizarindenizar], [adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
indemnizadoindenizado
( in·dem·ni·za·do

in·de·ni·za·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se indemnizou.


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

2. Que ou quem recebeu compensação ou indemnização (ex.: família indemnizada; lista de indemnizados).

etimologiaOrigem etimológica:particípio de indemnizar.
grafiaGrafia no Brasil:indenizado.
grafiaGrafia no Brasil:indenizado.
grafiaGrafia em Portugal:indemnizado.
grafiaGrafia em Portugal:indemnizado.
indemnizarindenizar
( in·dem·ni·zar

in·de·ni·zar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Dar compensação ou reparação a, por perda ou dano sofrido.

2. Ressarcir.

Confrontar: endemizar.
grafiaGrafia no Brasil:indenizar.
grafiaGrafia no Brasil:indenizar.
grafiaGrafia em Portugal:indemnizar.
grafiaGrafia em Portugal:indemnizar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "indemnizado" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



As palavras Malanje, Uíje, Cassanje, etc., levam a letra g ou j ?
Os topónimos angolanos referidos deverão ortografar-se correctamente nas formas Malanje, je e Caçanje (esta última grafia corresponde também ao nome comum caçanje).

É esta a grafia registada nas principais obras de referência para o português europeu, nomeadamente no Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida Editora, 1947) e no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Âncora Editora, 2001). Apesar disso, é esmagadora a ocorrência de grafias alternativas como *Malange, *Uíge, *Cassange ou *Cassanje (o asterisco indica incorrecção, de acordo com as obras de referência para a ortografia e com a tradição lexicográfica).

É de referir que com o Acordo Ortográfico de 1990 (nomeadamente na Base III) não há qualquer alteração a este respeito.