Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
identidadeidentidade | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

i·den·ti·da·de i·den·ti·da·de
(latim identitas, -atis)
substantivo feminino

1. Qualidade de idêntico.

2. Paridade absoluta.

3. Circunstância de um indivíduo ser aquele que diz ser ou aquele que outrem presume que ele seja.

4. Circunstância de um cadáver ser o de determinada pessoa.

5. [Álgebra]   [Álgebra]  Equação cujos dois membros são identicamente os mesmos.


identidade de género
Sentimento íntimo que alguém tem sobre o género a que pertence; o género com o qual alguém se identifica.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "identidade" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Procurei a definição para a palavra invariavelmente, contudo, não a localizei no dicionário. Apenas encontrei invariável. O que muda com o acréscimo de -mente?
De facto, o advérbio invariavelmente não faz parte da nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. A nomenclatura de um dicionário é sempre limitada, e a prova disso é que até o recente Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), considerado o dicionário de língua portuguesa com a maior nomenclatura, também não o regista. A maioria dos dicionários considera que a definição dos advérbios em -mente, com raras excepções, se depreende facilmente dos adjectivos de que derivam. Desta forma, considera-se que invariavelmente poderia ser entendido como “de maneira invariável”, com as acepções do adjectivo invariável.

Esta é, no entanto, uma questão que escapa à maioria dos utilizadores, e às vezes é difícil depreender os sentidos do advérbio a partir da definição do adjectivo. Neste aspecto, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo (2001), parece ser bastante completo, informando o utilizador do dicionário dos vários sentidos em que pode ser utilizado o advérbio. Neste caso específico, o advérbio invariavelmente não é apenas um advérbio de modo, significando “de maneira invariável” (ex.: A cena foi repetida três vezes invariavelmente), mas é também um advérbio de tempo, significando “todas as vezes, sem excepção” (ex.: Chegam invariavelmente atrasados às aulas).




Ao escrever um texto num computador que tem instalado o vosso corrector ortográfico FLiP 5, verifiquei que a palavra por mim usada "precaridade" é assinalada como erro. Habituada a ver constantemente em propaganda política o erro "precariedade", verifiquei com horror que esta era a sugestão do FLiP! Felizmente tenho em casa um bom dicionário da Porto Editora munida do qual pude provar ao meu marido que não sou eu a ignorante... Em nome do meu marido e de tantos outros que não se podem dar ao luxo de dispensar o corrector ortográfico, solicito a V. Exas. que se dêem pressa em corrigir este grave erro, a fim de evitar que as gerações vindouras, de léxico já tão fragilizado, aprendam o erro como coisa certa e venham depois arrogantemente corrigir os poucos que ainda vão sabendo falar e escrever um português escorreito.
A forma correcta é precariedade: não se trata de erro, conforme pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa ou consultando outras obras lexicográficas, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, ou o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Francisco Rebelo Gonçalves (este último refere mesmo que precaridade se trata de forma inexacta de precariedade). Aliás, a generalidade dos dicionários e vocabulários regista apenas precariedade, dado ser esta a forma que respeita as regras de boa formação morfológica em português: de facto, os adjectivos com a terminação átona -io (ex.: espúrio, hereditário, sério, transitório, vitalício) formam os substantivos correspondentes por aposição do sufixo -edade (ex.: espuriedade, hereditariedade, seriedade, transitoriedade, vitaliciedade), terminando por isso em ‑iedade.

O Grande Dicionário Língua Portuguesa (2004), da Porto Editora, regista, efectivamente, a palavra precaridade, remetendo-a para precariedade, tal como acontece no dicionário electrónico Cândido de Figueiredo – Grande Dicionário Electrónico da Língua Portuguesa (Bertrand Editora / Máquinas em Movimento – Oficina Multimédia Lda., 1996 [CD-ROM]) ou no Novo Grande Dicionário da Língua Portuguesa Conforme Acordo Ortográfico (Texto Editores, 2007). As razões inerentes a esta inclusão prendem-se provavelmente com o uso, com a necessidade de reencaminhar os falantes para a forma preferencial ou devem-se a outros critérios sobre os quais poderá questionar as respectivas editoras/equipas editoriais.

Em momento algum, porém, se pode afirmar que precariedade é um erro, pois é justamente essa a forma considerada mais correcta. A forma precaridade advém da possível confusão com palavras formadas por aposição do sufixo -idade, muito produtivo em português, como regularidade (de regular + -idade) ou efemeridade (de efémero + -idade).

A Priberam zela por incluir no léxico do FLiP termos atestados em obras de referência, nomeadamente, prontuários, vocabulários e dicionários. A ortografia de tais obras rege-se, em princípio, pelos principais textos legais em vigor para a norma europeia (sobretudo o Acordo Ortográfico de 1945 e o Acordo Ortográfico de 1990), respeitando a tradição lexicográfica portuguesa. A inclusão de novos vocábulos, seja por sugestão de utilizadores, seja por pesquisas em corpora, quando não atestados em obras de referência, é efectuada apenas se a sua formação respeitar as regras ortográficas e morfológicas da língua portuguesa.

pub

Palavra do dia

cei·til cei·til
(árabe sebti, relativo a Ceuta)
substantivo masculino

1. [Numismática]   [Numismática]  Moeda do tempo de D. João I que valia 1/6 de real.

2. Soma de dinheiro, geralmente pouco (ex.: gastou o último ceitil). = TOSTÃO

3. Coisa insignificante. = BAGATELA, INSIGNIFICÂNCIA, NINHARIA

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/identidade [consultado em 21-08-2019]