Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

expandir

expandirexpandir | v. tr., intr. e pron. | v. intr. e pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ex·pan·dir |eis| ou |es|ex·pan·dir |eis| ou |es|

- ConjugarConjugar

(latim expando, -ere)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Dilatar, estender.

2. Derramar, difundir.

3. Expor com fraqueza.

4. Desabafar.

verbo intransitivo e pronominal

5. Ir mais longe.

6. Prolongar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "expandir" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...foi transmitida no Youtube e a 2º na WWE Network , a WWE decidiu expandir a sua marca de desenvolvimento para a região, criando assim a brand: NXT UK...

Em www.wrestling-noticias.com

...commodities, em especial diante da aceleração da inflação no mundo todo, que tende a expandir os preços dos produtos dessas empresas..

Em Caderno B

...novos parceiros de negócios e agradecemos a oportunidade de trabalhar com a Copilot para expandir os serviços disponíveis para nossos passageiros", acrescentou..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...gestão do prefeito Nélio que não mede esforços, mesmo em meio à pandemia, para expandir os serviços de saúde”, discursou Nogueira..

Em www.blogdocolares.com

...barbáries medievais em presídios e nas ruas de todo o país para consolidar e expandir seu poder..

Em Paulamar
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o superlativo absoluto sintético do adjectivo miúdo?
O adjectivo miúdo admite o superlativo regular miudíssimo e o irregular minutíssimo, derivado do superlativo latino minutissimus, do adjectivo minutus, que está na origem etimológica de miúdo.



Acho que se escreve boa fé e má fé e não boa-fé e má-fé, como sugere o dicionário. Estou certo?
A tradição lexicográfica portuguesa consagrou o uso do hífen em boa-fé e em má-fé e são estas grafias que aparecem registadas nas principais obras de referência da língua portuguesa contemporânea, nomeadamente em vocabulários, como o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Ed., 1966) ou o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Ed. Âncora, 2001), e em dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004).

O uso do hífen é problemático para os utilizadores da língua, pois obedece a regras pouco evidentes e algo contraditórias e é por vezes ditado por uma tradição lexicográfica que os falantes desconhecem. No caso específico de boa-fé, esta dificuldade torna-se evidente numa pesquisa em corpora ou em motores de busca da internet, podendo observar-se a ocorrência da palavra hifenizada a par da locução boa fé, inclusivamente em textos jurídicos. Estes casos, não estando previstos nas bases do Acordo Ortográfico que regulam o uso do hífen, regem-se geralmente pela tradição lexicográfica, motivo pelo qual é aconselhável optar pela grafia boa-fé, atestada na maioria das obras de referência, em detrimento da locução boa fé.

pub

Palavra do dia

re·fu·gar re·fu·gar


(latim refugo, -are)
verbo transitivo

1. Pôr de parte. = DESPREZAR, REJEITAR

2. [Brasil]   [Brasil]  Separar, apartar (ex.: refugar o gado).

Confrontar: refogar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/expandir [consultado em 22-01-2022]