Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

estado-novismo

estado-novismoestado-novismo | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

es·ta·do·-no·vis·mo es·ta·do·-no·vis·mo


(Estado Novo + -ismo)
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   [História]   [História]  Forma de governo autoritário, ditatorial e nacionalista, correspondente ao governo de Getúlio Vargas no Brasil, de 1937 a 1945.

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

melhor do que Mussolini exprimiu a essência do totalitarismo, quando afirmou: “Tudo dentro do Estado , nada fora do Estado ”. II- Formas históricas autoritárias e totalitárias no século XX. Nesta parte serão desenvolvidos quatro itens: 1- o fascismo e o nazismo; 2- o justicialismo e o estado-novismo ; 3 - o

Em *BLOG do ORLANDO TAMBOSI*

) cabeça. Entenebrece-me a moela a hibernação comatosa do senhor Presidente da República. Emaranha-me as gónadas o estado-novismo emaciado a xanax do senhor Primeiro-Ministro. Arrefenta-me os guizos o cristianismo postiço dos católicos (e o dos protestantes também, e o dos mórmones também, e o dos budistas

Em humorgrafe

. Esmói-me o bestunto a couve-flor que a gritadeira arregalada conhecida por Mariza usa à (ou por) cabeça. Entenebrece-me a moela a hibernação comatosa do senhor Presidente da República. Emaranha-me as gónadas o estado-novismo emaciado a xanax do senhor Primeiro-Ministro. Arrefenta-me os guizos o

Em Persuac

arregalada conhecida por Mariza usa à (ou por) cabeça. Entenebrece-me a moela a hibernação comatosa do senhor Presidente da República. Emaranha-me as gónadas o estado-novismo emaciado a xanax do senhor Primeiro-Ministro. Arrefenta-me os guizos o cristianismo postiço dos católicos (e o dos protestantes também

Em daniel abrunheiro

contemporâneo são postas a nu pela curiosa justaposição de três documentários. Lado a lado, o nacionalismo tradicionalista do Portugal dos Pequenitos, o estado-novismo apoteótico da exposição Mundo Português, e o lirismo futurista da Expo 98. A arquitectura do espectáculo, a dar que pensar nas ideologias

Em intergalacticrobot
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




Gostaria de saber qual a forma ou formas correctas de expressar a seguinte ideia: Parece estares bem ou Pareces estar bem?
O verbo parecer usa-se como um auxiliar modal em construções que exprimem aparência, e nesse caso deve concordar com o sujeito, quer ele esteja expresso (Tu pareces estar bem) ou subentendido (Pareces estar bem). Isto acontece porque, quando há uma construção com um verbo auxiliar, é este que tem as marcas de tempo, modo ou pessoa. Se se pretendesse usar outro tempo verbal, por exemplo o Imperfeito do Indicativo (Parecias estar bem nesse dia), ou outra pessoa gramatical, por exemplo a terceira pessoa do plural ([eles] Parecem estar bem), essas marcas de tempo ou pessoa estariam no verbo que funciona como verbo auxiliar (parecer).
Há, no entanto, outra construção do verbo parecer, já não como auxiliar modal mas como verbo pleno, assumindo as marcas de tempo, modo e pessoa, que explica a construção Parece estares bem, semelhante à construção Parece que estás bem. Nestes dois exemplos, o sujeito do verbo parecer já não é a segunda pessoa do singular (tu), mas sim a oração integrante infinitiva (Estares bem parece) ou conjuncional (Que estás bem parece).
Em suma, as duas construções estão correctas, sendo que a construção Parece estares bem é menos usada e por vezes considerada de uso formal ou literário (por exemplo, na edição portuguesa do Dicionário Houaiss, do Círculo de Leitores).

pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/estado-novismo [consultado em 26-01-2022]