PT
BR
Pesquisar
Definições



espalhamento

A forma espalhamentopode ser [derivação masculino singular de espalharespalhar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
espalhamentoespalhamento
( es·pa·lha·men·to

es·pa·lha·men·to

)


nome masculino

1. Acto de espalhar.

2. Difusão, divulgação.

etimologiaOrigem etimológica:espalhar + -mento.
espalharespalhar
( es·pa·lhar

es·pa·lhar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Separar o grão da palha. = DESPALHAR


verbo transitivo e pronominal

2. Tornar ou tornar-se público (ex.: espalhar a notícia). = DIFUNDIR, DIVULGAR

3. Tornar ou ficar mais vasto ou mais intenso (ex.: espalhar o medo). = ALASTRAR, DIVULGAR

4. Espargir, dispersar.

5. Dissipar.


verbo intransitivo

6. Distrair; espairecer.

7. Cessar de chover.

8. Dispensar.

9. Dissipar-se (a trovoada).


verbo pronominal

10. Dar-se mal numa lição.

11. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Cair redondo (ex.: espalhou-se no chão molhado). = ESTATELAR

12. Divulgar o que não devia, falar de mais.

13. [Brasil] [Brasil] Desbaratar.

14. [Brasil] [Brasil] Jogar capoeira.



Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.