Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

esgalhado

esgalhadoesgalhado | adj.
masc. sing. part. pass. de esgalharesgalhar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

es·ga·lha·do es·ga·lha·do


(particípio de esgalhar)
adjectivo
adjetivo

1. Que se esgalhou.

2. Dividido em galhos, como a armação do veado.

3. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Feito ou improvisado com habilidade ou eficácia (ex.: solução bem esgalhada).


es·ga·lhar es·ga·lhar

- ConjugarConjugar

(es- + galho + -ar)
verbo transitivo

1. Cortar os galhos a. = DESGALHAR, DESRAMAR, ESCANHOTAR, ESTRONCAR

2. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Fazer alguma coisa com rapidez ou improvisar com eficácia ou habilidade (ex.: conseguiu esgalhar uma solução).

3. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Dizer mal, falar mal de.

verbo intransitivo e pronominal

4. Criar ou abrir galhos em.

5. Dividir-se em ramos ou subdivisões. = RAMIFICAR-SE

verbo intransitivo

6. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Andar muito depressa (ex.: arrancou e foi a esgalhar até casa).

7. [Portugal, Calão]   [Portugal, Tabuísmo]  Estimular o pénis com a mão e com os dedos para obtenção de prazer sexual.

pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...livro "Guerra Colonial, a memória maior que o pensamento" é um libelo contínuo bem esgalhado sobre o regime do Estado Novo salazarista..

Em APC GORJEIOS

Uma historia verdadeira e um livro bem esgalhado que mostra bom traquejo no tratamento da matéria ficcionada..

Em APC GORJEIOS

efetivo quando bem esgalhado , mas a história descrita na letra de certa forma define o propósito do...

Em Portugal Rebelde

Um título de jornal bem esgalhado substitui vantajosamente o urro ou um murro de um macho-alfa..

Em Don Vivo

Afinal, trata-se de um romance de aventuras bem esgalhado ..

Em Da Literatura
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


No programa de hoje da R.T.P. " Bom Dia Portugal" na rubrica "Em bom português", questiona-se se deve dizer: duzentas gramas ou duzentos gramas? Afirma-se que a resposta correcta é: "duzentos gramas" porque grama é um submúltiplo do quilograma. Ora, eu tenho apenas a quarta classe do ensino primário de 1951, mas nesse tempo aprendi que grama, metro, caloria, etc. são unidades e quilograma, quilómetro, quilocaloria, etc, são múltiplos com mil unidades. Como gosto de falar o melhor Português, (dentro das minhas limitações literárias) gostaria de obter uma explicação, mais convincente ou de saber se, pela mesma razão, deve dizer-se "duzentos calorias"?
De facto, o argumento referido é pouco claro. O motivo por que a resposta é "duzentos gramas" é porque grama, enquanto unidade de medida, é um substantivo masculino, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. É por essa razão que quilograma, formado pela junção do prefixo quilo- ao substantivo grama, é masculino, e não o contrário.



A minha dúvida reside na utilização do verbo recepcionar e da palavra recepcionado. Estas palavras existem, ou por outro lado deve ser usada a frase "acusámos a recepção de"?
O verbo recepcionar surge em alguns dicionários de língua portuguesa com os sentidos “promover recepção, festa” (ex.: Gostavam de recepcionar em casa) e “acolher com deferência” (ex.: Foram recepcionar o presidente no aeroporto), como regista o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002).
Pesquisas em corpora e em motores de pesquisa da Internet revelam que o verbo recepcionar vem sendo também usado com os sentidos “acusar recepção de correspondência” (ex.: O funcionário perguntou se eu tinha recepcionado a carta registada) e “fazer recepção de bola” (ex.: O jogador recepcionou a bola e rematou).
Alguns gramáticos (e alguns falantes) insurgem-se contra estes novos usos do verbo recepcionar em detrimento de receber, admitindo apenas os dois primeiros sentidos mencionados acima, por se ligarem semanticamente a recepção (“reunião festiva”). Mas esse argumento é questionável, já que os novos usos também se ligam a recepção (“acto de receber”) e que o verbo receber também contempla os dois primeiros sentidos, como se pode ver pelas seguintes substituições: Gostavam de receber em casa; Foram receber o presidente no aeroporto; O funcionário perguntou se eu tinha recebido a carta registada; O jogador recebeu a bola e rematou. O que estas substituições demonstram é que tanto recepcionar quanto receber podem ser usados nestes contextos sem perda de informação, podendo por isso ser considerados sinónimos. Os mais puristas irão reclamar da intromissão destes novos sentidos de recepcionar, outros irão continuar a usá-los, produzindo assim material linguístico que será averbado pelos dicionários que descrevem a língua; a cada falante compete a escolha, consoante as suas preferências e sensibilidades linguísticas.

pub

Palavra do dia

pi·na·co·te·ca |é|pi·na·co·te·ca |é|


(latim pinacotheca, -ae, do grego pinakothêke, -és)
nome feminino

1. Museu de obras de pintura.

2. Colecção de obras de pintura.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/esgalhado [consultado em 18-05-2022]