Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
enfardarenfardar | v. tr. | v. tr., intr. e pron. | v. intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

en·far·dar en·far·dar - ConjugarConjugar
(en- + fardo + -ar)
verbo transitivo

1. Juntar em fardo.

verbo transitivo, intransitivo e pronominal

2. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Comer muito.

verbo intransitivo

3. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Levar pancada. = APANHAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "enfardar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Cronopata é erro? Pela sua etimologia, creio que estaria correctamente no dicionário... Mas não consta... Neologismo? Porque ainda não adoptado oficialmente?
As palavras cronopatia e cronopata, apesar de não se encontrarem registadas em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, estão correctamente formadas (com os elementos de formação crono-, derivado do grego khrónos, que significa “tempo”, e -patia e -pata, derivados do grego páthe, que significa “doença” ou “dor”). Na medicina, a cronopatia pode designar o conjunto de patologias que estão relacionadas com desvios, atrasos ou avanços no crescimento; pode também referir-se à incapacidade para gerir o tempo ou para cumprir horários. Cronopata será a pessoa que sofre de alguma destas patologias.



O FLIP4 considera errado contraofensiva, propondo contra-ofensiva. Todavia, segundo o Acordo Ortográfico Da Língua Portuguesa de 1990 ainda em vigor, pode ver-se na sua BASE XVI, Art.º 1.º, Alínea b) que a vossa proposta está errada. De facto, diz-se ali (só se emprega o hífen nos seguintes casos) «Nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento: anti-ibérico, contra-almirante, infra-axilar, supra-auricular [...], semi-interno.»
A ortografia vigente em Portugal à data do lançamento do FLiP 4 (2002) seguia o Acordo Ortográfico de 1945 (1), que estipula, na Base XXIX, que o hífen se emprega em "compostos formados com os prefixos contra, extra (exceptuando-se extraordinário), infra, intra, supra e ultra, quando o segundo elemento tem vida à parte e começa por vogal, h, r ou s: contra-almirante, contra-ataque, contra-estrutura, contra-harmónico, contra-indicação [...]".

(1) Mais tarde, em 1971 e 1973, foram promulgadas leis, em Portugal e no Brasil, que visavam reduzir as divergências de ortografia entre os dois países. Em 1986 foi redigido um novo texto de homogeneização ortográfica que, devido às reacções públicas obtidas, não chegou a entrar em vigor. O Acordo de 1990, apesar de pretender ser um compromisso entre o texto de 1945 e o de 1986, só entrou em vigor em 13 de Maio de 2009.

pub

Palavra do dia

in·ven·ti·vo in·ven·ti·vo
(inventar + -ivo)
adjectivo
adjetivo

1. Que tem o dom da invenção.

2. Que mostra criatividade ou imaginação. = ENGENHOSO

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/enfardar [consultado em 07-04-2020]