PT
BR
Pesquisar
Definições



endeusamento

A forma endeusamentopode ser [derivação masculino singular de endeusarendeusar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
endeusamentoendeusamento
( en·deu·sa·men·to

en·deu·sa·men·to

)


nome masculino

1. Acto ou efeito de endeusar. = DEIFICAÇÃO, DIVINIZAÇÃO

2. [Figurado] [Figurado] Arrebatamento, enlevo, êxtase.

3. [Figurado] [Figurado] Altivez, orgulho, soberba.

etimologiaOrigem etimológica:endeusar + -mento.
endeusarendeusar
( en·deu·sar

en·deu·sar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Incluir(-se) no número dos deuses; contar(-se) entre os deuses. = DEIFICAR

2. Atribuir(-se) carácter divino. = DEIFICAR, DIVINIZAR

3. [Figurado] [Figurado] Provocar ou sentir extâse. = ARROUBAR, ENLEVAR, EXTASIAR

4. Atribuir(-se) admiração exagerada.


verbo pronominal

5. [Figurado] [Figurado] Encher-se de orgulho insensato. = ASSOBERBAR-SE

etimologiaOrigem etimológica:en- + deus + -ar.


Dúvidas linguísticas



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).