PT
BR
Pesquisar
Definições



deus

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
deusdeus


nome masculino

1. [Religião] [Religião] Ser supremo. (Com inicial maiúscula.)

2. [Religião católica] [Religião católica] Cada um dos membros da Trindade. (Com inicial maiúscula.)

3. [Religião] [Religião] Divindade do culto pagão ou de religião não derivada do mosaísmo.

4. [Figurado] [Figurado] Homem heróico ou de superioridade incontestável.

5. Objecto que exerce grande influência ou grande poder.


meu deus

Interjeição designativa de grande espanto, medo ou alegria.

por deus

Interjeição designativa de juramento.

santo deus

O mesmo que meu deus.

um deus nos acuda

Situação aflitiva, confusa ou complicada.

vistoPlural: deuses.
etimologiaOrigem etimológica:latim deus, dei.
iconPlural: deuses.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:panteão, teogonia.

Auxiliares de tradução

Traduzir "deus" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.



Tenho uma dúvida sobre o uso do acento grave (chamamos de crase aqui no Brasil). Um amigo me disse que pode-se escrever à favor, alegando que é opcional o uso da crase em locuções adverbiais. Ele está correto?
A crase à é uma contracção da preposição a com o artigo definido feminino a. Para haver o uso desta crase, é necessário que haja um substantivo feminino a seguir que justifique o uso do artigo definido feminino (ex.: estava à frente = estava a[PREP]+a[ART] frente; foi à caça = foi a[PREP]+a[ART] caça). Não poderá usar a crase numa expressão como a favor, pois favor é um substantivo masculino e nunca poderia ser antecedido do artigo definido feminino a. Em alguns casos poderá haver uso de crase antes de substantivos masculinos, mas apenas em situações muito específicas, em que se pode subentender locuções como moda de ou maneira de (ex.: coelho à [maneira do] caçador).
Sobre este assunto, poderá também consultar outras respostas em regência verbal e nominal, graças a deus e crase em intervalo temporal.