PT
BR
Pesquisar
Definições



descarregado

A forma descarregadopode ser [masculino singular particípio passado de descarregardescarregar] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
descarregadodescarregado
( des·car·re·ga·do

des·car·re·ga·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se descarregou.

2. Livre de carga.

3. Jovial, alegre.

etimologiaOrigem etimológica:particípio de descarregar.
descarregardescarregar
( des·car·re·gar

des·car·re·gar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Proceder à descarga de.CARREGAR

2. Disparar (arma de fogo).CARREGAR

3. Tirar a carga a.

4. Despejar.

5. Soltar com força.

6. Aliviar.

7. Vibrar.

8. Fazer incidir.

9. Desabafar.

10. Desobrigar; cancelar.

11. [Informática] [Informática] Transferir para um computador (ex.: descarregar fotografias; descarregar um ficheiro).


verbo intransitivo

12. Cair sobre.

13. Cair com ímpeto.


verbo intransitivo e pronominal

14. [Electricidade] [Eletricidade] [Eletricidade] Perder carga eléctrica em (ex.: as pilhas descarregaram; a bateria já se descarregou).CARREGAR


verbo pronominal

15. Desembaraçar-se, livrar-se, aliviar-se.

etimologiaOrigem etimológica:des- + carregar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "descarregado" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".




Os nomes próprios têm plural: ex. A Maria, as Marias?
Os nomes próprios de pessoa, ou antropónimos, também podem ser flexionados no plural, designando várias pessoas com o mesmo prenome (No ginásio há duas Marias e quatro Antónios) ou aspectos diferentes de uma mesma pessoa/personalidade (Não sei qual dos Joões prefiro: o João aventureiro que começou a empresa do zero, e que vestia calças de ganga, ou o João empresário de sucesso, que só veste roupa de marca).
Os nomes próprios usados como sobrenome podem igualmente ser flexionados no plural. Neste caso, convergem duas práticas: a mais antiga, atestada no romance Os Maias de Eça de Queirós, pluraliza artigo e nome próprio (A casa dos Silvas foi vendida) e a mais actual pluraliza apenas o artigo (Convidei os Silva para jantar).