Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

de-

dede | prep.
de-de- | pref.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

de de


(latim de)
preposição

Une ao nome o seu complemento (ex.: folha de papel) e estabelece relação de matéria (ex.: feito de pedra); instrumento (ex.: golpe de espada); modo (ex.: deitado de costas); procedência ou lugar donde (ex.: vir de Lisboa); causa (ex.: morreu de medo); agente (ex.: amado de todos), etc.

Confrontar: dê.

de- de-


(latim de)
prefixo

Exprime a noção de movimento descendente (ex.: dependurar), de negação, separação ou cessação (ex.: decodificar, demitologizar).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "de-" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Talvez seja prudente começar por explicar que um jogador amador não é menos focado e empenhado que um jogador profissional. Eu diria até que o é em dobro... Deixa, depois de um dia de trabalho, a família para treinar no mínimo duas a três vezes por semana, esquecendo até o cansaço, mas não fica por

Em Not

R to @ART_brusher: totaal #radeloos geworden #politiestaat is een feit , heel veel gelden en nu de #dood bah . #mensenrechten en nee we zijn niet gelijk ift.tt/3dn5jFZ dlvr.it/SHTPfs source https://nitter.net/discordianismo2/status/1484153006413123587#mhttp://dlvr.it/SHTlK0

Em Mensagens Discordianas

" A fotografia correu a Itália - enquanto todos os jogadores erguiam a mão na saudação fascista, Bruno Neri manteve os braços em baixo Gostava de poesia. Como vice-comandante do Battaglione Ravenna, com o nome de guerra Berni, em julho de 1944 estava de arma na mão junto à famosa Linea Gótica, a

Em O INDEFECTÍVEL

A RGE informa que defeito em um componente da linha de transmissão que atende Santiago, causou desabastecimento em cidades da região na noite desta quarta-feira (20), mas o conserto já foi finalizado e o serviço retomado. A nota não trouxe mais detalhes do que causou o defeito no equipamento.

Em www.rafaelnemitz.com

Parceiro anunciante Os partidos do RN continuam procurando batedores de esteira para compor as nominatas na disputa às vagas para deputado federal e estadual nas eleições deste ano. Mas, pelo jeito, faltam ‘voluntários’ dispostos a ir para a campanha apenas para juntar votos em favor da vitória de

Em www.blogrsj.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Pelo menos em termos náuticos, sempre ouvi designar HÉLICE como s.m. Nas minhas consultas, encontrei esta explicação : ..."Na verdade o termo se diferencia quanto ao seu uso. Concordo que se for tratar de geometria helicoidal o correto é feminino e quando tratamos da anatomia é masculino. Porém no caso da utilização náutica ou aeronáutica é usado no masculino se o meio fluido for líquido, e feminino se o meio fluido for gasoso. Ou seja, para a náutica usa-se "O hélice" e para a aeronáutica "A hélice".
Será que me podem ajudar ?
O género da palavra hélice não é consensualmente registado nas principais obras lexicográficas de referência e levanta várias questões problemáticas.

O Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, considerado uma das referências máximas na lexicografia portuguesa, regista hélice apenas como substantivo feminino, respeitando o étimo latino feminino helix, -icis com a seguinte nota em aditamento “Corrente, mas etimologicamente inexacto, o gén. masc.”.

Já o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras (São Paulo: Global, 2009; versão online disponível em: http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=23) classifica a palavra hélice como “s. f. s.2g.”, ou seja, como substantivo feminino e como substantivo de dois géneros (masculino e feminino).

Por sua vez, o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001), de José Pedro Machado, regista hélice com indicação: “s. m. e s. f. , este o género preferível”. No entanto, em dicionários coordenados por este filólogo, como o Grande Dicionário da Língua Portuguesa (Porto: Amigos do Livro Editores, 1981), a palavra hélice surge classificada como “s. m. e f.”, classificação válida para todo o verbete. O Dicionário Lello Prático Ilustrado (Porto: Lello Editores, 2004) segue a mesma opção.

Se não parece haver dúvidas quanto à inexactidão do emprego do masculino por razões etimológicas (em latim, helix, -icis é feminino, tal como é feminino o grego héliks, -ikos, de que deriva), o mesmo já não parece suceder por razões de uso real da palavra. Por essa razão, alguns dicionários registam hélice como palavra feminina em alguns sentidos, mas masculina noutros [ver Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001), Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004), por exemplo]. Outras obras lexicográficas optaram por registar hélice como palavra feminina mas com indicação de “s. m. ou f.” em algumas acepções [ver Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004), por exemplo].

Para tornar a questão ainda mais complexa, podemos referir que todos os dicionários consultados que registam a acepção de hélice relativa à anatomia, isto é, ao rebordo exterior do pavilhão da orelha, o fazem com a classificação de substantivo masculino (nesta acepção, a palavra é sinónima de hélix, vocábulo com a mesma etimologia, classificado unanimemente pelos dicionários como substantivo masculino). Esta unanimidade só pode ser explicada por uma tradição lexicográfica acrítica, pois uma palavra como antélice, que se refere também a uma estrutura anatómica da orelha, e que deriva de uma formação grega, é por sua vez classificada como substantivo feminino.

Pesquisas em corpora e em motores de busca revelam a flutuação de género de hélice mas, do ponto de vista lexicográfico, esta não pode ser justificação lógica para registar a palavra como masculina apenas em alguns sentidos. A ser seguido o critério do uso para justificar a classificação como palavra feminina ou masculina, ele teria de ser aplicado a todos os sentidos da palavra, pois há também ocorrências significativas de hélice como palavra masculina no campo da aeronáutica ou noutros contextos menos marcados do ponto de vista terminológico (ex.: a/o hélice da ventoinha está partida/o).

Pode dizer-se como conclusão que, face ao exposto acima, o uso de hélice como substantivo feminino é sempre defensável (excepto no campo da anatomia, por motivos terminológicos muito específicos). A argumentação de que a palavra é masculina no domínio da náutica e feminina no da aeronáutica parece carecer de fundamento lógico, uma vez que se trata do mesmo tipo de mecanismo; a haver uma oscilação de género, ela ocorre com os vários sentidos da palavra.




Gostaria de tirar uma dúvida muito importante. Em call centers de telemarketing utilizamos a palavra absenteísmo para pessoas que faltam no trabalho, porém verifiquei no site que a definição dessa palavra é para ausência do voto e que para falta ou ausência de alguma pessoa se utiliza absentismo. Onde está o erro?? Será que todos call centers erraram??
De acordo com o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, os vocábulos absenteísmo e absentismo, provenientes do inglês absenteeism, pelo francês absentéisme, são sinónimos em qualquer acepção, inclusive na acepção “ausência do local de trabalho”, apesar de a forma absenteísmo ser mais usada no Brasil e considerada não preferencial pelo Dicionário Houaiss.
pub

Palavra do dia

quart·zo quart·zo


(francês quartz, do alemão Quarz)
nome masculino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral duro e cristalino, composto de sílica, geralmente branco ou incolor e com brilho vítreo. = QUARÇO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/de- [consultado em 21-01-2022]