Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cardiovascular

cardiovascularcardiovascular | adj. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

car·di·o·vas·cu·lar car·di·o·vas·cu·lar


(cardio- + vascular)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. [Anatomia]   [Anatomia]  Que se relaciona ao mesmo tempo com o coração e com os vasos sanguíneos (ex.: doença cardiovascular, sistema cardiovascular).

2. Que estimula temporariamente a frequência cardíaca (ex.: exercício cardiovascular; treino cardiovascular).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cardiovascular" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Ela tinha doença cardiovascular crônica..

Em Caderno B

A vítima, um homem de 80 anos com diabetes, doença cardiovascular crônica e renal crônica, era morador em Campo Grande..

Em Caderno B

Ele tinha diabetes e doença cardiovascular crônica e morreu na sexta-feira (7)..

Em Caderno B

Vítima era de Dourados e tinha comorbidades, como doença cardiovascular e diabetes Gabrielle Tavares, Nyelder Rodrigues Foi confirmada a quinta morte em decorrência a...

Em Caderno B

da doença nos sistemas cardiovascular , neurológico e urinário..

Em Caderno B
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber como se escreve um valor quebrado de porcentagem por extenso. Pois se 10% eu escrevo "dez por cento", então como eu escreveria 10,30%?
Para escrever por extenso um número inteiro seguido de um valor fraccionário decimal (ex.: 10,30%), poderá referir a vírgula por extenso (ex.: dez vírgula trinta por cento ou dez vírgula três por cento) ou, alternativamente (e esta será uma forma menos usual), utilizar os numerais fraccionários a seguir aos numerais cardinais (ex.: dez e trinta centésimos por cento ou dez e três décimos por cento). Nesta última hipótese, pode ainda ser usado o adjectivo inteiro para melhor distinguir os numerais cardinais dos fraccionários (ex.: dez inteiros e trinta centésimos por cento ou dez inteiros e três décimos por cento) ou ainda utilizar o adjectivo percentual em vez da locução por cento (ex.: dez e trinta centésimos percentuais; dez e três décimos percentuais). Perante as várias possibilidades, é de referir que a opção tomada deverá ser mantida ao longo de um mesmo texto, sempre que referir este tipo de números, por uma questão de coerência textual.



Qual é o diminutivo da palavra foto? Esse diminutivo é masculino ou feminino?
A adjunção de sufixos diminutivos não altera as propriedades morfossintácticas do derivante, que são herdadas pelo derivado. Assim, por exemplo, os sufixos -inho e -zinho alteram apenas a informação semântica (o juízo de valor que se faz sobre a forma de base a que se juntam), mantendo a mesma categoria sintáctica e o mesmo género do derivante: quando se associam a um adjectivo geram um adjectivo (moderno/a - moderninho/a - modernozinho/a), quando se associam a um nome geram um nome (papel - papelinho - papelzinho) e quando se associam a um advérbio geram um advérbio (devagar - devagarinho - devagarzinho).

Tradicionalmente, os sufixos -inho e -zinho são considerados o mesmo, sendo a consoante -z- encarada como um elemento de ligação, pelo que a forma -zinho é tida como uma variante de -inho. No entanto, o seu emprego é distinto, já que se associam a diferentes formas de base, o que faz deles mais do que meras variantes. O sufixo -inho associa-se a radicais, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um livro - um livrinho; uma caneta - uma canetinha; um pijama - um pijaminha; uma tribo - uma tribinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um sabonete - um sabonetinho; uma semente - uma sementinha; um anel - um anelinho; uma espiral - uma espiralinha). O sufixo -zinho associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma caneta - uma canetazinha; um pijama - um pijamazinho; uma tribo - uma tribozinha; um sabonete - um sabonetezinho; uma semente - uma sementezinha; um anel - um anelzinho; uma espiral - uma espiralzinha). O mesmo é válido para os sufixos -ito e -zito.

Posto isto, o substantivo feminino foto (redução de fotografia) pode apresentar vários diminutivos, consoante os sufixos usados, sendo todos femininos: uma foto - uma fotinho, uma fotozinha, uma fotito, uma fotozita. Não há muitos substantivos femininos terminados em -o (para além de foto e tribo, a lista inclui expo, imago, libido, moto, virago e pouco mais) e o seu uso no grau diminutivo não é dos mais frequentes, o que justifica as hesitações e, por vezes, as incorrecções de alguns falantes.

pub

Palavra do dia

ses·qui·pe·dal ses·qui·pe·dal


(latim sesquipedalis, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que tem pé e meio de comprido.

2. [Jocoso]   [Jocoso]  Que é muito grande (ex.: ignorância sesquipedal; versos sesquipedais).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cardiovascular [consultado em 23-01-2022]