PT
BR
Pesquisar
Definições



cale

A forma calepode ser [primeira pessoa singular do presente do conjuntivo de calarcalar], [terceira pessoa singular do imperativo de calarcalar], [terceira pessoa singular do presente do conjuntivo de calarcalar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
calecale
( ca·le

ca·le

)


nome feminino

1. Rego ou encaixe em peça comprida de madeira.

2. Barco de fundo chato para navegação dos rios.

3. [Portugal: Douro] [Portugal: Douro] Parte mais funda do rio.

etimologiaOrigem etimológica:latim canalis, -a, fosso, tubo, cano, aqueduto, canal, leito.
calarcalar
( ca·lar

ca·lar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo e pronominal

1. Não falar.

2. Não produzir som ou ruído.

3. Penetrar.


verbo transitivo

4. Não dizer.

5. Impor silêncio a.

6. Reprimir, conter.

7. Encetar, geralmente para provar.

8. Meter no fundo.

9. Colocar em lugar próprio.

10. [Regionalismo] [Regionalismo] Cortar as medranças dos melões e melancias para que bracejem para os lados.

11. Fazer abertura ou corte em certos frutos, geralmente para provar ou ver se estão maduros (ex.: calar a melancia).

12. Abrir entalhe ou cala. = FENDER, RASGAR

13. [Pesca] [Pesca] Lançar à água uma rede de galeão.

14. Fazer descer (ex.: o cavaleiro calou a viseira). = ABAIXAR


verbo intransitivo

15. [Náutica] [Náutica] Ter determinado calado; ocupar determinado espaço abaixo da linha de flutuação (ex.: o caiaque cala muito pouco).


verbo pronominal

16. Deixar de falar.

17. Deixar de fazer ruído.

18. Morrer.

19. Ficar na sua.

etimologiaOrigem etimológica:latim vulgar *callare.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cale" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a etimologia da palavra escolha? E da palavra subalternidade?
A palavra escolha deriva do verbo escolher, que, por sua vez, vem de uma forma latina hipotética *excolligere que significaria “recolher; obter”. A palavra subalternidade deriva de subalterno, por aposição de –idade, sufixo muito produtivo que exprime o conceito de “qualidade, característica”. Assim, subalternidade designa a condição, a qualidade de quem é subalterno.



Numa frase: o fulano leva-nos o dinheiro todo. Eu quero abreviar: o fulano leva-no-lo todo. Será correcto?
Como poderá constatar na Gramática do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, na secção Pronomes, o pronome clítico de complemento directo de terceira pessoa masculino é o, sendo que, quando é antecedido de uma forma verbal ou de outro clítico terminado em s, se lhe acrescenta um l (ex.: leva-nos o dinheiro = leva-no-lo; comprou-vos o terreno = comprou-vo-lo; chamámos o professor = chamámo-lo). A mesma regra se aplica, obviamente, em caso de flexão do pronome clítico em questão (ex.: leva-nos as malas = leva-no-las; comprou-vos a casa = comprou-vo-la; chamámos os professores = chamámo-los).