Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cacetinho

cacetinhocacetinho | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cacetinho cacetinho


nome

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

...corredores, a escolher entre o queijo gouda e o flamengo, a baguete ou o cacetinho , sem pensar em trabalho ou obrigações..

Em As minhas pequenas coisas

DO BAIRRO, sempre frescos e ótimos: o pão de centeio e limão, o cacetinho de trigo e a pequena baguete rústica..

Em mesa-do-chef.blogs.sapo.pt

...futebol) Boiado – Cansado Borrachudo – Ônibus Breado – Sujo Bulir – Mexer, tocar Cacetinho – Pão francês Cachorro Magro – Quem come na casa de alguém e sai...

Em estrategiaeexcelencia.blogs.sapo.pt

maioritariamente o pão cacetinho , pincelo com azeite, um bocadinho de manteiga e alho e coloco queijo ralado..

Em CozinhaDaVih.blogs.sapo.pt

...entre um suco de frutas e um copo de leite, dois ovos fritos, pão cacetinho , bananas fritas ou cozida, poucas

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase «O sentinela era um jovem soldado sem nome.» está correctamente aplicado o artigo definido masculino singular «O», ou deverá antes aplicar-se o artigo definido feminino «A» precedendo o nome «sentinela»? Em diferentes textos, surgem as duas diferentes formas, o que me levou a aperceber-me de uma vacilação de género; qual a preferível? E em relação a «ordenança» (enquanto soldado)?
A palavra sentinela designa, numa das suas acepções, o soldado ou, em contextos civis, a pessoa encarregada de efectuar a vigilância. Apesar de poder designar uma pessoa de sexo masculino, esta palavra surge nos dicionários como substantivo sobrecomum, registada apenas com o género feminino, à semelhança de outras palavras como criança ou pessoa. Por este motivo, será aconselhável a frase "A sentinela era um jovem soldado sem nome."

Apesar de o caso de ordenança poder parecer semelhante, o registo em dicionários confere-lhe habitualmente classificação lexical de substantivo de dois géneros, o que faz com que seja possível "O ordenança era um jovem soldado sem nome."

Esta questão varia consoante algumas especificidades lexicais de cada palavra, mas também consoante as actualizações lexicográficas feitas pelos dicionários a partir dos usos linguísticos ou de alterações sociais, culturais ou tecnológicas. O caso é porventura um pouco diferente, mas veja-se, a título de exemplo, a palavra segurança, que passou a ter, nas últimas décadas, uma acepção de substantivo de dois géneros.




Gostaria de saber se é correto dizer " o que são isso?".
A frase “O que são isso?” não está correcta, pois, neste tipo de construção, as formas invariáveis dos pronomes demonstrativos (isto, isso, aquilo) correspondem a pronomes de terceira pessoa que obrigam à concordância com o verbo no singular. Da mesma forma, a locução pronominal o que também corresponde a uma terceira pessoa do singular. Por essa razão, a frase correcta é “O que é isso?”.

Numa situação de conversação hipotética, uma resposta possível à pergunta “O que é isso?” poderia ser “Isso são as flores que me ofereceram ontem”. Nesse caso, a concordância verbal é feita não com o sujeito mas com o nome predicativo do sujeito (sobre este assunto, pode consultar também a resposta verbo predicativo ser).

pub

Palavra do dia

ul·tra·con·ge·la·ção ul·tra·con·ge·la·ção


(ultra- + congelação)
nome feminino

Processo de congelação a uma temperatura muito baixa, geralmente inferior a 40 graus negativos, e num curto período de tempo, para melhor conservar características físicas e químicas (ex.: ultracongelação do pescado).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cacetinho [consultado em 22-09-2021]