Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

barroca

barrocabarroca | n. f.
fem. sing. de barrocobarroco
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bar·ro·ca |ô|bar·ro·ca |ô|


nome feminino

1. Pequena porção de terreno, geralmente em declive e composto alternadamente de depressões e montículos.

2. Barranco.

3. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Passagem funda entre penedos ou barrancos.

4. [Brasil]   [Brasil]  Cova produzida por enxurradas.

5. Despenhadeiro.

6. Grota.


bar·ro·co |ô|bar·ro·co |ô|


nome masculino

1. Pérola irregular.

2. Nome de várias pedras preciosas.

3. Penedo pequeno e irregular.

4. Cova; barranco.

5. Esquisitice.

6. [Belas-artes]   [Belas-Artes]  Estilo arquitectural, pictural, literário e musical cujas formas preciosas, contornadas ou acentuadas, se opõem às do Renascimento e do classicismo (séculos XVI-XVIII).

adjectivo
adjetivo

7. Que é excessivamente exuberante. = EXTRAVAGANTE

8. Que dá muito nas vistas.

9. [Belas-artes]   [Belas-Artes]  Que é relativo ao barroco.

Plural: barrocos |ô|.Plural: barrocos |ô|.
Confrontar: baroco.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "barroca" para: Espanhol | Francês | Inglês

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

E, menos frequente, construções melódicas próximas da composição barroca , em que é reconhecível a audição das Variações de Goldberg, as

Em Portugal Rebelde

Numa visão contemporânea Bach é tido como o maior nome da música barroca , e muitos o vêem como o maior compositor de todos os tempos, deixando...

Em Geopedrados

...Mesmo suspenso e ausente na beira do campo na Vila Belmiro, o técnico Eduardo Barroca armou o time goiano para neutralizar o ataque santista e tentar encaixar um contragolpe..

Em Caderno B

Embora tenha vivido no período que corresponde ao auge da música barroca europeia, suas composições, mais leves e homofónicas, têm estilo mais próximo daquele do início...

Em Geopedrados

Amigo de Barroca , guarda-redes do Benfica, foi sem surpresas que, em 1961, lhe chegou o convite...

Em O INDEFECTÍVEL
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo intervir conjuga-se da mesma forma que o verbo vir? Sendo assim, qual é o seu particípio passado (caso tenha)?
O verbo intervir conjuga-se como o verbo vir, com a particularidade de se grafar com acento agudo na segunda e terceira pessoas do presente do indicativo (intervéns, intervém); esta particularidade é comum a todos os outros verbos derivados de vir ou do verbo latino venire (são os casos, por exemplo, de advir, avir, convir, desconvir, devir, provir, sobrevir). O particípio passado destes verbos também segue o paradigma de vir/vindo, sendo então intervindo o particípio passado de intervir (ex.: tinha intervindo brilhantemente no debate). Poderá esclarecer esta e outras dúvidas de conjugação seguindo a hiperligação para o verbo intervir no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e clicando em seguida na opção Conjugar que se encontra imediatamente acima da definição do verbo.



Gostaria de esclarecer qual a forma correta de escrever a palavra extra classe, ou seja, com hífen ou sem hífen?
Apesar de não se encontrar dicionarizada, a grafia correcta é extraclasse, pois, de acordo com o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo extra só se escreve com hífen quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: extra-axilar, extra-oficial), h (ex.: extra-hepático), r (ex.: extra-regulamentar) ou s (ex.: extra-sensorial). A palavra extraordinário poderia parecer uma excepção a esta regra, mas na verdade ela não se formou com este prefixo, antes entrou no português já formada no latim.

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o elemento de formação extra- apenas deve ser ligado por hífen a palavras que comecem por h ou por a (ex.: extra-hepático, extra-axilar). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, não deverá ser seguido de hífen e aquelas consoantes devem ser dobradas (ex.: extrarregulamentar, extrassensorial).

pub

Palavra do dia

ban·ga·la·fu·men·ga ban·ga·la·fu·men·ga


(origem duvidosa)
nome masculino

[Brasil: Nordeste, Depreciativo]   [Brasil: Nordeste, Depreciativo]  Indivíduo sem valor, sem préstimo. = JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/barroca [consultado em 03-08-2021]