Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

asilado

asiladoasilado | adj. | n. m.
masc. sing. part. pass. de asilarasilar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·si·la·do a·si·la·do


adjectivo
adjetivo

1. Albergado em asilo.

nome masculino

2. Indivíduo asilado.


a·si·lar a·si·lar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Acolher em asilo, albergar.

verbo pronominal

2. Recolher-se em asilo.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

camponês de Trás-os-Montes ou do Alentejo, podia ser um asilado há décadas, podia ser um funcionário anónimo de uma fábrica qualquer..

Em ANT

...teve dois filhos com uma das suas advogadas durante o período em que esteve asilado na embaixada do Equador em Londres para evitar ser preso por ter violado a...

Em VISEU, terra de Viriato.

...para mostrar su apoyo al boliviano Evo Morales, aliado tradicional del chavismo y ahora asilado en México..

Em www.ultraperiferias.pt

O ex-presidente deve ficar como asilado político na Argentina, de onde vai coordenar seu partido Movimento ao Socialismo na campanha...

Em Vida Global

...Exteriores do México, Marcelo Ebrard, anunciou que o país vai receber Evo Morales como asilado político..

Em Vida Global
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




Como se fala: segue em anexo, segue o anexo ou segue anexo?
Todas as construções que refere estão correctas, apesar de apresentarem estruturas bastante diferentes.

Na primeira (segue em anexo), estamos perante a utilização do verbo seguir com um complemento adverbial (em anexo) que indica modo (ex.: o ficheiro segue em anexo [= anexamente]).

Na segunda frase (segue o anexo), o sintagma nominal o anexo tem função de sujeito da frase, pelo que tem de haver concordância em número e pessoa com o verbo (ex.: segue o anexo; seguem os anexos).

Na terceira frase (segue anexo), anexo é um adjectivo que funciona como predicativo do sujeito, pelo que deverá concordar em género e em número com o mesmo (ex: segue anexo o documento; segue anexa a documentação).

pub

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/asilado [consultado em 28-10-2021]