Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

amarreis

2ª pess. pl. pres. conj. de amarraramarrar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·mar·rar a·mar·rar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo e intransitivo

1. Prender à bóia ou ao cais (ex.: amarrar o navio; o barco está a acostar, mas ainda não amarrou). = ATRACAR

verbo transitivo e pronominal

2. Prender ou prender-se com corda, cabo, corrente, fio, fita ou afim.

3. Acorrentar(-se) fortemente a ponto fixo.

4. Prender(-se), impedindo o movimento dos membros.

5. [Figurado]   [Figurado]  Prender(-se) moral, psicológica ou afectivamente.

verbo intransitivo

6. [Marinha]   [Marinha]  Dar fundo. = ANCORAR, AFERRAR, FUNDEAR

7. [Caça]   [Caça]  Estacar (o cão que pressente a caça).

verbo pronominal

8. [Figurado]   [Figurado]  Agarrar-se a uma opinião ou ideia. = AFERRAR, FIXARDESLIGAR

9. [Popular]   [Popular]  Casar-se ou juntar-se.

10. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Demonstrar interesse amoroso por alguém (ex.: ela se amarrou no coleguinha).

11. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Gostar muito de (ex.: os meninos se amarraram no jogo).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "amarreis" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


A minha dúvida é como se escreve correctamente esquece e comece, o c é com cedilha ou sem cedilha?
Como pode verificar no capítulo Sinais ortográficos da Gramática do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a cedilha apenas se coloca sob o c antes das vogais a, o ou u e nunca antes de e ou i. De acordo com esta regra, as formas correctas são esquece e comece.



Diz-se "vendem-se casas" ou "vende-se casas"?
Do ponto de vista exclusivamente linguístico, nenhuma das duas expressões pode ser considerada incorrecta.

Na frase Vendem-se casas, o sujeito é casas e o verbo, seguido de um pronome se apassivante, concorda com o sujeito. Esta frase é equivalente a casas são vendidas.

Na frase Vende-se casas, o sujeito indeterminado está representado pelo pronome pessoal se, com o qual o verbo concorda. Esta frase é equivalente a alguém vende casas.

Esta segunda estrutura está correcta e é equivalente a outras estruturas muito frequentes na língua com um sujeito indeterminado (ex.: não se come mal naquele restaurante; trabalhou-se pouco esta semana), apesar de ser desaconselhada por alguns gramáticos, sem contudo haver argumentos sólidos para tal condenação. Veja-se, por exemplo, a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA [Edições Sá da Costa, 1984, 14ª ed., pp. 308-309], onde se pode ler “Em frases do tipo: Vendem-se casas. Compram-se móveis. considera-se casas e móveis os sujeitos das formas verbais vendem e compram, razão por que na linguagem cuidada se evita deixar o verbo no singular”.

pub

Palavra do dia

al·pe·chim al·pe·chim


(espanhol alpechín)
nome masculino

1. Sumo negro e amargo das azeitonas.

2. Resíduo do fabrico do azeite. = ÁGUA-RUÇA


SinónimoSinônimo Geral: ALPERCHIM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/amarreis [consultado em 28-11-2021]