PT
BR
Pesquisar
Definições



alerta

A forma alertapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de alertaralertar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de alertaralertar], [adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros], [advérbio], [interjeição e nome masculino] ou [interjeição].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
alertaalerta
|à| |à|
( a·ler·ta

a·ler·ta

)


advérbio

1. Vigilando, exercendo vigilância (ex.: depois de um susto, ficamos mais alerta para estas questões de saúde).


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

2. Que está atento ou vigilante (ex.: sentinela alerta; estavam todos muito alertas).


interjeição e nome masculino

3. Expressão usada para avisar de alguma coisa (ex.: alerta, companheiros!; foi o vigia que deu o alerta).

4. [Militar] [Militar] Grito, geralmente nocturno, que as sentinelas se transmitem, para estarem vigilantes.


interjeição

5. Expressão usada para pedir concentração ou cuidado em relação a algo. = CUIDADO

etimologiaOrigem etimológica:italiano all'erta.
alertaralertar
( a·ler·tar

a·ler·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Dar o alerta, o alarme, avisar do perigo.

Auxiliares de tradução

Traduzir "alerta" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Gostaria de saber quando usamos a muito tempo e quando usamos há muito tempo.
Para exprimir o tempo decorrido, deverá usar sempre a construção com o verbo haver, isto é, há muito tempo. A expressão a muito tempo só é usada correctamente em contextos muito específicos em que a preposição a é seleccionada por outra palavra mas não há intenção de exprimir o tempo que já passou (ex.: Isso corresponde a muito tempo e não posso esperar; Dez dias para mim são equivalentes a muito tempo).