Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

acordo

acordoacordo | n. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de acordaracordar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·cor·do |cô|a·cor·do |cô|


(derivação regressiva de acordar)
nome masculino

1. Harmonia entre pessoas ou coisas. = CONCÓRDIA, ENTENDIMENTO

2. Combinação (ajustada entre duas ou mais pessoas). = PACTO

3. Tino, prudência.

4. Autorização, consentimento.


de acordo
Expressão que indica concordância.

Sem que os actos de um contrariem os do outro.

de acordo com
Indica concordância ou conformidade com algo ou alguém (ex.: de acordo com a nossa fonte, o ministro vai demitir-se; isto não está de acordo com o caderno de encargos). = CONFORME, SEGUNDO

de comum acordo
Com o assentimento de todos. = UNANIMEMENTE

estar de acordo
Concordar.

sem acordo
À toa; fora de si.

Plural: acordos |ô|.Plural: acordos |ô|.
Confrontar: acorde.

a·cor·dar a·cor·dar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Resolver de comum acordo; recordar; pôr de acordo; harmonizar.

2. [Música]   [Música]  Afinar.

verbo intransitivo

3. Sair do sono.

4. Ficar de acordo; concordar.

verbo pronominal

5. Lembrar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "acordo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...milho permaneceram estáveis e os negócios tiveram pouca atividade por parte da demanda, de acordo com informações da TF Agroeconômica..

Em Caderno B

Por lá também seria abordado um assunto importante: o recente acordo que facilitará a circulação de cidadãos desses países entre si..

Em www.sganoticias.com.br

” Hoje, de acordo com Bruce, das pessoas que fizeram "Senjutsu", apenas ele e

Em www.ironmaiden666.com.br

De acordo com a pasta, 164 milhões de doses de todas as vacinas contra a covid-19...

Em Caderno B

Os dragões chegaram a acordo para um empréstimo com opção de compra, sendo que trinta por cento dos direitos...

Em Fora-de-jogo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se existe alguma regra de fonética para o plural de palavras tais como: fogo, poço, jogo... É que eu fui ensinado a pronunciar: fógos, póços, jógos... ao invés de fôgos, pôços, jôgos... (os acentos estão só como indicadores de fonética). É que recentemente tenho ouvido alguns jornalistas pronunciar estas palavras com entoação "ô"...? Agradecia que me esclarecessem esta dúvida.
Não existe oficialmente nenhuma regra fonética em português que dê conta da alternância vocálica entre o singular e o plural de palavras como fogo, poço, jogo, contorno, despojo, esforço, imposto, ovo, tijolo, troço.

As gramáticas e os prontuários incluem estas palavras em listas de vocábulos cuja vogal tónica, no singular, é o o fechado /ô/ mas que no plural se transforma em o aberto /ó/. Há, no entanto, muitos casos em que o singular e o plural mantêm o mesmo o fechado, como por exemplo acordo(s) /ô/, gosto(s) /ô/ ou sopro(s) /ô/ (pode encontrar mais exemplos na Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, p. 184). Essas listas são relativamente extensas e difíceis de memorizar, o que pode estar na origem de dúvidas relativas à pronúncia desses termos.

Na sua Moderna Gramática Portuguesa (p. 124), Evanildo Bechara afirma que se tem recorrido à etimologia latina desses termos e ao paralelismo com a língua espanhola para desfazer hesitações de pronúncia, mas que tal não esclarece todas as dúvidas.

No artigo "Histórias de O", Ernesto d'Andrade faz a revisão de vários estudos desta alternância em português e fornece uma análise mais técnica, com base fonológica, deste fenómeno.

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa contém indicações de pronúncia, tanto no singular, quanto no plural dessas palavras.




A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.

pub

Palavra do dia

lo·ri·ga lo·ri·ga


(latim lorica, -ae, cota de malha, couraça, parapeito, barreira, trincheira)
nome feminino

1. [Armamento]   [Armamento]  Saio de malha com lâminas de metal, na armadura.

2. [Armamento]   [Armamento]  Couraça.

3. Acto de ajudar. = AMPARO, AUXÍLIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/acordo [consultado em 01-08-2021]