PT
BR
Pesquisar
Definições



acha

A forma achapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de acharachar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de acharachar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
acha1acha1
( a·cha

a·cha

)


nome feminino

Cada uma das partes em que se racha um tronco de árvore para fazer lenha. = CAVACA, CAVACO, ESTILHA, HASTILHA, LASCA

etimologiaOrigem etimológica:latim assula, -ae ou astula, -ae, lasca, fragmento de madeira ou pedra, tabuinha.
acha2acha2
( a·cha

a·cha

)


nome feminino

1. [Armamento] [Armamento] Arma de combate com forma de pequeno machado.

2. [Heráldica] [Heráldica] Insígnia que se põe sobre um escudo de armas para indicar nobreza de origem militar.

etimologiaOrigem etimológica:francês hache.
acharachar
( a·char

a·char

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Encontrar (procurando ou não).

2. Descobrir, inventar.

3. Ter na conta de.


verbo pronominal

4. Estar.


nome masculino

5. Espécie de conserva da Índia.

Confrontar: achoar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "acha" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Ministrar pode usar-se como leccionar no seguinte contexto: curso de formação profissional ministrado para a entidade X? Se não, qual a palavra mais adequada para a frase indicada?
O verbo ministrar pode ser sinónimo de leccionar e, tal como este, quando selecciona um complemento indirecto constrói-se usualmente com a preposição a, pelo que no contexto indicado deveria figurar Curso de formação profissional ministrado à (= crase da preposição a + artigo definido a) entidade X.



Não será a palavra revivalismo portuguesa? Porque não existe no dicionário? Será um estrangeirismo? Mas quantos não foram já "absorvidos" por tão correntes no português escrito e falado?
A palavra revivalismo, apesar de não se encontrar na nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, encontra-se registada noutros dicionários de língua portuguesa como, por exemplo, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, Lisboa, 2001). Deriva da palavra inglesa revivalism e refere-se ao ressurgimento de ideias, modas ou tendências que fizeram parte do passado.