Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

abatido

abatidoabatido | adj.
masc. sing. part. pass. de abaterabater
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·ba·ti·do a·ba·ti·do


(particípio de abater)
adjectivo
adjetivo

1. Que se abateu.

2. Enfraquecido; definhado.

3. Humilhado.

4. Decaído, desalentado; derribado.

5. Descontado.


a·ba·ter |ê|a·ba·ter |ê|

- ConjugarConjugar

(latim tardio abbatuere, do latim battuo, -ere, bater, ferir, esgrimir, cruzar armas)
verbo transitivo

1. Deitar abaixo; fazer cair. = DERRIBAR, DERRUBAR

2. Inclinar para baixo. = ABAIXAR, BAIXARLEVANTAR, SUBIR

3. Causar morte violenta a.

4. [Técnica]   [Técnica]  Matar (um animal), geralmente num matadouro ou num veterinário.

5. Enviar um veículo ou uma embarcação para destruição.

6. Diminuir um valor ou fazer um desconto no preço (ex.: abateu 50€ no preço final). = DEDUZIR, DESCONTAR, SUBTRAIRACRESCENTAR, SOMAR

7. Humilhar, diminuir.

verbo transitivo, intransitivo e pronominal

8. Causar ou sofrer tristeza, infelicidade. = DEPRIMIR, DESANIMAR, PROSTRARANIMAR

9. Causar ou sentir fraqueza, cansaço. = DEBILITAR, ENTIBIAR

verbo intransitivo e pronominal

10. Vir abaixo. = CAIR, DESABAR, DERROCAR, DESMORONAR

11. Minguar.

12. Afundar-se, dar de si, enterrar-se em parte.

13. Emagrecer ou perder as forças.

verbo intransitivo

14. [Náutica]   [Náutica]  Desviar-se do rumo. = DESCAIR

15. [Náutica]   [Náutica]  Tornar-se mais fraco ou mais calmo (ex.: o vento abateu). = ABONANÇAR, AMAINAR

verbo pronominal

16. Ter efeitos negativos ou nocivos sobre algo ou alguém (ex.: uma tragédia abateu-se sobre a família).

17. Arrojar-se (a ave de rapina sobre a presa).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "abatido" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Sebastião Gomes, um apoiante da independência de Timor Leste, foi retirado da Igreja e abatido pela

Em Geopedrados

caça a jato foi abatido por outro caça a jato..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

Um jato pode ser emboscado por outro, abatido enquanto evita o local do míssil superfície-ar (SAM), ser atolado por uma carga útil...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...e 35 anos, residentes em Itapura (SP), que praticavam a pesca, haviam capturado e abatido dois exemplares de peixes da espécie tucunaré..

Em Caderno B

...21 de setembro, tendo como vítima o marginal Iago do Galo Vermelho, que foi abatido no bairro de

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Ao conjugar no site do dicionário o verbo adequar vi os vários tempos que possui. Entretanto causou-me dúvida, pois, em um livro da Profa. Laurinda Grion, 400 erros que um executivo comete ao redigir, ela diz que o verbo adequar é defectivo. No modo presente do indicativo seria conjugado somente nas 1a. e 2a. pessoas do plural. Favor esclarecer-me o que é o correto.
Nem sempre há consenso entre os gramáticos quanto à defectividade de um dado verbo. É o que acontece no presente caso, entre a obra que referencia e, por exemplo, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, que também conjuga o verbo adequar em todas as suas formas. A este respeito convém talvez transcrever o que diz Rebelo Gonçalves (que conjuga igualmente o referido verbo em todas as formas) no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (1966: p. xxx):

"3. Indicando a conjugação de verbos defectivos, incluímos nela, donde a onde, formas que teoricamente podem suprir as que a esses verbos normalmente faltam. Critério defensável, parece-nos, porque não custa admitir, em certos casos, que esta ou aquela forma, hipotética hoje, venha a ser real amanhã; e, desde que bem estruturada, serve de antecipado remédio a possíveis inexactidões."

O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa refere ainda, s. v. -equar que "os poucos verbos da língua com essa terminação (adequar, coadequar, inadequar) são tidos como conjugáveis, regularmente, só nas formas arrizotônicas; modernamente, porém, ocorrem formas rizotônicas segundo dois padrões - adéquo/adequo, adéquas/adequas, etc." Uma última ressalva: o dicionário on-line que consultou reflecte a norma europeia do português, em que há uma clara preferência pelas formas com -u- tónico nas formas rizotónicas: adequo, adequas, adequa, adequam; adeqúe, adeqúes, adeqúe, adeqúem (em vez do que parece ser mais frequente no Brasil: adéquo, adéquas, adéqua, adéquam; adéqüe, adéqües, adéqüe, adéqüem).

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/abatido [consultado em 02-12-2021]