Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

Pesquisa por "trelas" nas definições

atrelar | v. tr. | v. pron.
    Prender com trela (ex.: atrelar o cão)....

desatrelar | v. tr. | v. pron.
    Soltar da trela....

treler | v. intr.
    Tagarelar; dar trela; intrometer-se....

arnês | n. m.
    Armadura que cobre o corpo todo de um guerreiro....

matilheiro | n. m.
    Aquele que, para a caça, leva galgos à trela, ou outros cães de caça....

atrelado | adj. | n. m.
    Que se atrelou....

trela | n. f.
    Correia, de couro ou de outro material, a que se prende um animal....

Dúvidas linguísticas


Procuro o termo jurídico si ne qua non e não sei como se escreve. Quero inserir este termo como uma condição de conhecimento (Ex. Conhecimentos em Mecânica e Elétrica é condição si ne qua non).
A grafia correcta da expressão latina é sine qua non, cuja tradução literal é “sem a qual não”. Esta expressão corresponde a uma locução adjectiva e significa “que é indispensável ou essencial”.



Estou em dúvida quanto a acentuação gráfica das seguintes palavras: côa (verbo) e coa. Gostaria de saber porque uma é acentuada e a outra não e seus respectivos significados. Gostaria também de outros dois exemplos semelhantes, podem ser paroxítonas.
Na ortografia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990, nomeadamente segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português europeu e segundo o Formulário Ortográfico de 1943, para o Brasil, as palavras com vogal tónica fechada homógrafas de palavras sem acentuação própria devem ser grafadas com acento circunflexo.

Assim, a palavra côa (flexão do verbo coar e nome feminino) deve escrever-se com acento circunflexo para se distinguir da contracção coa (contracção, hoje em dia pouco usual, da preposição com e do artigo definido ou pronome demonstrativo a). Esta regra aplica-se também, por exemplo, aos casos dos pares de palavras pêlo / pelo, pêra / pera e pôr / por.

As "palavras sem acentuação própria" referidas nestes textos legais correspondem geralmente a palavras gramaticais (como preposições ou contracções), que se considera serem átonas e integrarem fonologicamente a palavra que se segue (ou que antecede). Este critério parece ser deficiente, uma vez que algumas destas palavras podem ter acentuação própria (é o caso do par formado pelo advérbio e conjunção como e pela forma como do verbo comer, excluído desta regra pelo texto do Acordo Ortográfico).

A aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, nomeadamente na Base IX, 9.º, muda estes casos, retirando-lhes o acento gráfico (à excepção do caso de pôr, que mantém o acento). Assim, deixa de haver distinção gráfica entre para e pára, pelo e pêlo, pêra e pera, etc.

Esta alteração ortográfica também se aplica a um topónimo como Foz Côa.

Palavra do dia

sa·la·ci·a·no sa·la·ci·a·no


(latim Salacia, -ae, topónimo [designação latina atribuída a Alcácer do Sal] + -ano)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo ou pertencente à cidade portuguesa de Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal.

nome masculino

2. Natural ou habitante de Alcácer do Sal.


SinónimoSinônimo Geral: ALCACERENO, ALCACERENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/trelas [consultado em 24-06-2021]