Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "pergaminho" nas definições

apergaminhado | adj.
    Enrugado e seco, com aparência de pergaminho....

bifólio | adj.
    Suporte de papel ou pergaminho com uma dobra....

enobrecer | v. tr.
    Dar pergaminhos de nobreza a....

pergaminhar | v. tr.
    Conferir aspecto de pergaminho a....

cálamo | n. m.
    Fragmento de cana com as extremidades cortadas em bico que os antigos usavam para escrever no papiro e no pergaminho, antes da vulgarização da pena das aves....

pergaminharia | n. f.
    Indústria ou comércio de pergaminheiro....

pergaminheiro | n. m.
    Indivíduo que produz ou vende pergaminhos....

filactério | n. m.
    Caixa, geralmente de couro, que contém pergaminho com textos bíblicos judaicos, transportada no ritual judaico junto à testa e ao braço esquerdo. (Mais usado no plural.)...

rótulo | n. m.
    Pergaminho em que se escrevia....

tefilin | n. m. 2 núm.
    Par de caixas, geralmente de couro, que contêm pergaminhos com textos bíblicos judaicos, transportadas no ritual judaico junto à testa e ao braço esquerdo....

cercilho | n. m.
    Extremidades ásperas (do pergaminho) que se aparam....

velino | adj. | n. m.
    Diz-se de uma qualidade de papel branco que imita o pergaminho....

palimpsesto | n. m.
    Manuscrito em pergaminho que os copistas na Idade Média apagavam, para nele escrever de novo. [O recurso a técnicas de restauração de documentos permite, por vezes, fazer reaparecer caracteres primitivos.]...

membrana | n. f.
    Tecido que envolve certos órgãos ou destinado a absorver ou segregar algum líquido....

arminho | n. m. | n. m. pl.
    Pergaminhos ou títulos de nobreza....

cara | n. f. | n. m. | n. 2 g.
    Parte anterior da cabeça....

Dúvidas linguísticas


Qual das seguintes frases está incorrecta? Queria um copo de água com gelo; Encomendei um colete em seda vermelha ou Vou comprar uma caixa de fósforos.
Do ponto de vista linguístico, nenhuma das frases está incorrecta, pois a preposição de pode ser usada para indicar conteúdo (ex.: copo de água, caixa de fósforos) e a preposição em pode ser usada para indicar matéria (ex.: colete em seda). A informação sobre o uso das preposições nestas expressões pode ser encontrada em obras de referência para o português, nomeadamente em dicionários gerais de língua como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Editorial Verbo, 2001) ou o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004). Alguns autores, porém, consideram inadequado o uso da preposição em para expressões que indicam matéria, alegando que se trata de galicismo.



Encontrei um problema com o vosso dicionário. Ao consultar o mesmo com as opções pré-AO, os plurais sugeridos aparecem sempre grafados segundo o AO. Isto acontece por exemplo na palavra "pêra", que aparece com as cores do pré-AO mas o único plural indicado é "peras" e não "pêras".
Não se trata de um erro, pois o plural de pêra é peras, com ou sem aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

O Acordo Ortográfico de 1990 (cf. Base IX, 9.º) elimina, de facto, os acentos em pêra e pêro (assim como em palavras cujo acento serve para distinguir homógrafos de certas palavras gramaticais, como nos pares pára/para, péla/pela, pêlo/pelo), mas, segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o plural dessas duas palavras não tem acento gráfico, referindo explicitamente na Base XXII que se distinguem "pêra, substantivo, e pera, preposição arcaica (mas o plural, peras, sem acento); pêro, substantivo, e pero, conjunção arcaica (mas o plural, peros, também sem acento)". Isto acontece porque os substantivos pêra e pêro são homógrafos de palavras arcaicas (a preposição pera [= para] e a conjunção pero [= mas, porém]), mas os seus plurais peras e peros não são homógrafos de nenhuma outra palavra, uma vez que as preposições e as conjunções não têm plural.

Palavra do dia

pi·chor·ra |ô|pi·chor·ra |ô|


(picho + -orra)
nome feminino

1. Pichel com bico.

2. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Pequena cântara de barro branco, com bico.

3. [Brasil]   [Brasil]  Jogo em que os intervenientes tentam partir, de olhos vendados e com um pau, um recipiente cheio de guloseimas e prendas, pendurado acima das suas cabeças. = PINHATA

4. [Brasil]   [Brasil]  Recipiente que se enche de guloseimas e prendas, usado nesse jogo. = PINHATA

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Fêmea do cavalo. = ÉGUA

6. [Brasil: São Paulo]   [Brasil: São Paulo]  Falta de força ou de estímulo para agir. = INDOLÊNCIA, LASSIDÃO, PREGUIÇA

adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

7. [Brasil: São Paulo]   [Brasil: São Paulo]  Que ou quem mostra medo ou falta de coragem. = COBARDE, MEDROSO, POLTRÃOCORAJOSO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/pergaminho [consultado em 20-10-2021]