PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

partilha

Cujo custo é partilhado com uma entidade, geralmente estatal (ex.: medicamento comparticipado)....


Que não é ou deixou de ser comparticipado; cujo custo deixou de ser partilhado com uma entidade, geralmente estatal (ex.: medicamento descomparticipado)....


Que partilha o mesmo cório e a mesma placenta (ex.: gravidez gemelar monocoriónica)....


partilhável | adj. 2 g.

Que se pode partilhar (ex.: bem partilhável; memória partilhável)....


computação | n. f.

Tipo de computação que permite a partilha de recursos através da Internet....


direita | n. f. | interj.

Conceito genérico que designa um conjunto de partidos, agentes políticos e população que partilha doutrinas, ideologias, orientações ou princípios que se aproximam dos partidos mais conservadores....


monadista | adj. 2 g. | n. 2 g.

Pessoa que partilha a doutrina do monadismo....


repúblico | adj. | n. m.

Estudante universitário que mora numa república ou residência partilhada de estudantes (ex.: repúblicos promovem visitas gratuitas aos principais pontos académicos da cidade)....


juslaborista | adj. 2 g. | n. 2 g.

Especialista em direito do trabalho (ex.: a opinião é partilhada por vários juslaboristas)....


comum | adj. 2 g. | n. m. | n. m. pl.

Partilhando algo com outro ou outros; em conjunto com outro ou outros....


clube | n. m.

Associação de pessoas para um fim comum ou com um interesse partilhado....


colação | n. f.

Restituição, à massa da herança, dos valores recebidos pelos herdeiros antes da partilha....


presor | n. m.

Colono que sem ser nobre recebia em partilha terras reconquistadas aos muçulmanos....


rede | n. f.

Sistema de computadores ligados entre si, para partilha de dados e informação....


formal | adj. 2 g. | adv. | n. m.

Carta de partilhas (do que toca a cada herdeiro)....


quinhão | n. m.

Partilha, herança....



Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




Qual a forma verbal correcta nestas duas frases: "Trata-se ou Tratam-se de pessoas que não sabem o que fazem"?
A frase correcta é Trata-se de pessoas que não sabem o que fazem.

Neste exemplo, o verbo tratar tem um sentido próximo de “ser”, sendo indissociável do clítico se e da preposição de. A construção tratar-se de funciona como um verbo impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular, dado que é usada em frases sem sujeito. A frase *Tratam-se de pessoas que não sabem o que fazem é agramatical (como indica o asterisco) porque o sintagma pessoas que não sabem o que fazem, com o qual o verbo concorda, é erradamente considerado o sujeito da frase.

A construção acima descrita não deve ser confundida com o predicado verbal da frase Eles tratam-se da doença numa clínica suíça. Neste caso, o verbo tratar é usado na acepção de “curar” e concorda com o sujeito da frase (Eles).


Ver todas