Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

Pesquisa por "golpe de estado" nas definições

nocautear | v. tr.
    Colocar fora de combate, com um golpe decisivo....

esperar | v. intr. | v. tr.
    Estar à espera; ficar esperando....

rebater | v. tr. | v. intr.
    Tornar a bater (ex.: nessa altura rebatíamos os textos à máquina de escrever; rebater o ferro)....

autodeclarar | v. pron.
    Declarar algo sobre si mesmo; fazer uma autodeclaração (ex.: autodeclarou-se presidente logo depois do golpe de Estado)....

sentar | v. tr., intr. e pron. | v. tr. e pron. | v. tr.
    Pôr ou pôr-se num assento; apoiar as nádegas num assento....

bater | v. tr. e intr. | v. tr. | v. intr. | v. pron. | n. m.
    Dar pancadas em algo ou alguém....

cagada | n. f.
    Acto de defecar....

gancho | n. m.
    Ferro curvo de que se suspende ou com que se agarra alguma coisa....

nocaute | n. m. | adj. 2 g.
    Golpe decisivo que põe fora de combate, no boxe (logo que o adversário fique dez segundos caído, sem poder levantar-se)....

tipo | n. m. | adj. 2 g. 2 núm.
    Conjunto de traços ou características comuns a uma classe de seres ou coisas....

atipia | n. f.
    Irregularidade nos acessos de doenças periódicas....

cintura | n. f.
    Parte média do corpo humano, que corresponde geralmente à parte mais estreita do tronco....

corte | n. m.
    Acto ou efeito de cortar....

grogue | n. m. | adj. 2 g.
    Bebida composta de água quente, aguardente ou rum, açúcar e casca de limão....

parada | n. f.
    Acção de parar, de deter-se....

revés | n. m.
    Lado oposto ao que se apresenta primeiro ou ao principal....

via | n. f. | prep.
    Rua, caminho ou estrada (ex.: está uma grua a obstruir a via)....

golpismo | n. m.
    Qualidade ou atitude de quem pratica golpes fraudulentos....

Dúvidas linguísticas


Qual a forma correta para o plural: a) Durante os fins de semana... b) Durante os finais de semana...?
Fins de semana é o plural da locução fim de semana (os dicionários portugueses registam a forma hifenizada fim-de-semana e os brasileiros dão preferência à locução) e finais de semana é a forma plural da locução final de semana, pelo que ambos estão correctos.



Como devo passar para o discurso indirecto a frase: Eu chamo-me Paula. Discurso indirecto: Ela disse que se chamava Paula? ou Ela disse que se chama Paula?
Na transformação do discurso directo em discurso indirecto de Eu chamo-me Paula, além da passagem da primeira (eu) para a terceira pessoa gramatical (ela) e da introdução de um verbo declarativo (dizer), deverá haver também uma passagem do presente (chamo) para o imperfeito do indicativo (chamava), isto é, a frase Eu chamo-me Paula deverá ser transformada em Ela disse que se chamava Paula. Sobre este assunto, poderá consultar também a resposta discurso directo, discurso indirecto e discurso indirecto livre.

Palavra do dia

his·te·rí·de·o his·te·rí·de·o


(latim científico Histeridae, do latim hister, -tri, comediante, histrião)
adjectivo
adjetivo

1. [Entomologia]   [Entomologia]  Relativo aos histerídeos.

nome masculino

2. [Entomologia]   [Entomologia]  Espécime dos histerídeos.


histerídeos
nome masculino plural

3. [Entomologia]   [Entomologia]  Família de minúsculos insectos coleópteros, de corpo compacto e cor predominantemente preta, que se alimentam de larvas de outros insectos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/golpe%20de%20estado [consultado em 09-05-2021]