Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "desasado" nas definições

desazado | adj.
    Que não tem cabimento ou não é oportuno....

chambão | n. m. | adj.
    Pedaço de carne bovina da parte inferior dos quartos da rês, rica em gelatina....

desajeitado | adj. n. m. | adj.
    Que ou o que tem falta de jeito....

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




Gostaria de saber como se escreve um valor quebrado de porcentagem por extenso. Pois se 10% eu escrevo "dez por cento", então como eu escreveria 10,30%?
Para escrever por extenso um número inteiro seguido de um valor fraccionário decimal (ex.: 10,30%), poderá referir a vírgula por extenso (ex.: dez vírgula trinta por cento ou dez vírgula três por cento) ou, alternativamente (e esta será uma forma menos usual), utilizar os numerais fraccionários a seguir aos numerais cardinais (ex.: dez e trinta centésimos por cento ou dez e três décimos por cento). Nesta última hipótese, pode ainda ser usado o adjectivo inteiro para melhor distinguir os numerais cardinais dos fraccionários (ex.: dez inteiros e trinta centésimos por cento ou dez inteiros e três décimos por cento) ou ainda utilizar o adjectivo percentual em vez da locução por cento (ex.: dez e trinta centésimos percentuais; dez e três décimos percentuais). Perante as várias possibilidades, é de referir que a opção tomada deverá ser mantida ao longo de um mesmo texto, sempre que referir este tipo de números, por uma questão de coerência textual.

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/desasado [consultado em 26-01-2022]