Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "deliberar" nas definições

apostado | adj.
    Deliberado; determinado; firme na sua resolução; empenhado....

assuar | v. tr.
    Insultar com vaias....

deliberar | v. tr. | v. intr. | v. pron.
    Reflectir, ponderar....

deliberado | adj.
    Que se deliberou ou decidiu....

ad referendum | loc.
    Usa-se como fórmula diplomática para indicar a condição de algo que depende da aprovação de um órgão ou de uma autoridade (ex.: aceitar uma proposta ad referendum)....

audaces fortuna juvat | loc.
    Expressão usada para afirmar que o bom êxito de uma empresa procede muitas vezes de uma deliberação arriscada, audaciosa, imprudente, mas firme e resoluta....

audentes fortuna juvat | loc.
    Expressão usada para afirmar que o êxito de uma empresa procede muitas vezes de uma deliberação arriscada, audaciosa, imprudente, mas firme e resoluta....

conselho | n. m.
    Reunião de parentes ou amigos para deliberar sobre interesses de menores ou interditos....

decreto | n. m.
    Deliberação superior que obriga à observância....

direcção | n. f.
    Lugar onde os directores se reúnem para deliberar....

junta | n. f.
    Grupo de médicos reunidos para deliberar sobre o estado de saúde de um doente (ex.: o funcionário foi convocado para se apresentar a uma junta médica)....

proposição | n. f.
    Acção de propor a exame ou deliberação....

Dúvidas linguísticas


Qual é a diferença entre as palavras benvindo e bem-vindo?
A palavra Benvindo (ou o feminino Benvinda) corresponde apenas a um nome próprio (ex.: o Benvindo já chegou a casa.). A palavra bem-vindo (e as suas flexões bem-vinda, bem-vindos, bem-vindas) corresponde ao adjectivo com o significado de ‘aceite, recebido ou acolhido com agrado, satisfação ou prazer’ (ex.: sentiu-se bem-vindo. aquela notícia não era bem-vinda. sejam muito bem-vindos a minha casa).



Diz-se "vendem-se casas" ou "vende-se casas"?
Do ponto de vista exclusivamente linguístico, nenhuma das duas expressões pode ser considerada incorrecta.

Na frase Vendem-se casas, o sujeito é casas e o verbo, seguido de um pronome se apassivante, concorda com o sujeito. Esta frase é equivalente a casas são vendidas.

Na frase Vende-se casas, o sujeito indeterminado está representado pelo pronome pessoal se, com o qual o verbo concorda. Esta frase é equivalente a alguém vende casas.

Esta segunda estrutura está correcta e é equivalente a outras estruturas muito frequentes na língua com um sujeito indeterminado (ex.: não se come mal naquele restaurante; trabalhou-se pouco esta semana), apesar de ser desaconselhada por alguns gramáticos, sem contudo haver argumentos sólidos para tal condenação. Veja-se, por exemplo, a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA [Edições Sá da Costa, 1984, 14ª ed., pp. 308-309], onde se pode ler “Em frases do tipo: Vendem-se casas. Compram-se móveis. considera-se casas e móveis os sujeitos das formas verbais vendem e compram, razão por que na linguagem cuidada se evita deixar o verbo no singular”.

Palavra do dia

del·tai·co del·tai·co


(delta + -aico)
adjectivo
adjetivo

Relativo a um delta (ex.: depósitos deltaicos; região deltaica).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/deliberar [consultado em 06-12-2021]