Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

terrorismo

terrorismoterrorismo | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ter·ro·ris·mo ter·ro·ris·mo


(terror + -ismo)
nome masculino

1. Uso deliberado de violência, mortal ou não, contra instituições ou pessoas, como forma de intimidação e tentativa de manipulação com fins políticos, ideológicos ou religiosos (ex.: luta contra o terrorismo).

2. [Por extensão]   [Por extensão]  Sistema de governo por meio de terror ou de medidas violentas.

3. Atitude intencional e geralmente continuada de intimidação ou intolerância (ex.: o funcionário era vítima de terrorismo psicológico no local de trabalho).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "terrorismo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Deve dizer-se «um ácido precipita» ou «um ácido precipita-se»?
De acordo com alguns dicionários de português, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o verbo precipitar, na acepção “formar um precipitado”, pode ser usado como intransitivo (um ácido precipitou) ou como reflexivo (um ácido precipitou-se).



Qual das expressões é a mais correcta? - "É suposto que o cão regresse a casa"; - "Supõe-se que o cão regresse a casa"; - "É suposto o cão regressar a casa"
Não há nenhum motivo para considerar mais correcta nenhuma das expressões referidas, pois trata-se de três estruturas possíveis.
Na primeira (é suposto que o cão regresse a casa) e na terceira (é suposto o cão regressar a casa), o sujeito frásico seleccionado pelo verbo supor na voz passiva é, respectivamente, uma frase completiva finita (que o cão regresse a casa) ou não finita (o cão regressar a casa), sendo ambos os sujeitos pronominalizáveis por isso (isso é suposto [por mim]). Na segunda frase (supõe-se que o cão regresse a casa), o verbo supor está na voz activa, sendo o sujeito o pronome se e o complemento directo a frase que o cão regresse a casa. Em frases com o verbo supor na voz activa, é também possível o uso de orações completivas não finitas como objecto directo, ainda que menos usuais (ex.: supõe-se o cão regressar a casa).

pub

Palavra do dia

nor·mo·cap·ni·a nor·mo·cap·ni·a


(normo- + grego kapnós, -oû, vapor, fumo + -ia)
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]  Existência de dióxido de carbono ou de ácido carbónico no sangue em valores considerados normais.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/terrorismo [consultado em 17-04-2021]