Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "acatardes" nas definições

acatável | adj. 2 g.
    Que merece ser acatado....

fidus achates | loc.
    Virgílio designa por estas palavras Acates, o mais fiel dos amigos e companheiros de Eneias; emprega-se para designar um amigo íntimo....

dura lex, sed lex | loc.
    Máxima que se cita quando se alude a uma regra ou proibição severa, mas que é forçoso acatar e cumprir....

relego | n. m.
    Descanso, sossego, pausa, tranquilidade....

acato | n. m.
    Acatamento....

rebelião | n. f.
    Resistência, geralmente violenta, contra os agentes da autoridade ou contra a ordem de coisas estabelecidas....

resguardo | n. m.
    Acto ou efeito de resguardar ou de resguardar-se....

reveria | n. f.
    Respeito; homenagem; acatamento....

desacato | n. m.
    Falta de acatamento, de respeito....

praxismo | n. m.
    Conjunto de praxes; acatamento de praxes....

recolhimento | n. m.
    Acto ou efeito de recolher ou de recolher-se....

sujeição | n. f.
    Acto ou efeito de sujeitar....

acatador | adj. n. m.
    Que ou o que acata....

espírito | n. m.
    Coisa incognoscível que anima o ser vivo....

Dúvidas linguísticas


Ouve-se em certos telejornais expressões como a cujo ou em cujo; contudo gostaria de saber se gramaticalmente a palavra cujo pode ser antecedida de preposição.
O uso do pronome relativo cujo, equivalente à expressão do qual, pode ser antecedido de preposição em contextos que o justifiquem, nomeadamente quando a regência de alguma palavra ou locução a tal obrigue. Nas frases abaixo podemos verificar que o pronome está correctamente empregue antecedido de várias preposições (e não apenas a ou em) seleccionadas por determinadas palavras (nos exemplos de 1 e 2) ou na construção de adjuntos adverbiais (nos exemplos de 3 e 4):

1) O aluno faltou a alguns exames. O aluno reprovou nas disciplinas a cujo exame faltou. (=O aluno reprovou nas disciplinas ao exame das quais faltou);
2) Não haverá recurso da decisão. Os casos serão julgados pelo tribunal, de cuja decisão não haverá recurso. (=Os casos serão julgados pelo tribunal, dadecisão do qual não haverá recurso);
4) Houve danos em algumas casas. Os moradores em cujas casas houve danos foram indemnizados. (=Os moradores nas casas dos quais houve danos foram indemnizados);
5) Exige-se grande responsabilidade para o exercício desta profissão. Esta é uma profissão para cujo exercício se exige grande responsabilidade. (=Esta é uma profissão para o exercício da qual se exige grande responsabilidade).




Qual das seguintes frases está correcta: "Ó meus amigos, não sejam faladores" ou "Oh meus amigos não sejam faladores"?
A resposta à sua pergunta depende daquilo que pretende exprimir; em qualquer dos casos estamos perante duas interjeições, ó e oh, como pode confirmar através de consulta no Dicionário da Língua Portuguesa On-line. Se pretende exprimir uma interpelação ou chamamento, a frase correcta só pode ser a primeira: “Ó meus amigos, não sejam faladores”. Se pretende exprimir espanto, desejo, alegria ou tristeza, então a frase correcta é a segunda, mas necessita de ajustes na pontuação: “Oh! Meus amigos, não sejam faladores.” ou “Oh, meus amigos, não sejam faladores”.

Palavra do dia

gran·jo·li·ce gran·jo·li·ce


(granjola + -ice)
nome feminino

[Informal]   [Informal]  Acção que se destina a enganar alguém. = FAJARDICE, GRANJOLADA, INTRUJICE, PATIFARIA, VELHACARIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/acatardes [consultado em 07-12-2022]