Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
masc. pl. de algarismoalgarismo
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

al·ga·ris·mo al·ga·ris·mo
(latim medieval algorismus ou algorithmus, do árabe al-Huuarizmi, nome de um matemático árabe do século IX)
substantivo masculino

1. [Matemática]   [Matemática]  Cada um dos sinais usados para representação gráfica de um número.


algarismo árabe
[Matemática]   [Matemática]  Cada um dos 10 sinais do sistema decimal de numeração: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 ou 9, que correspondem, respectivamente, a zero, um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito e nove.

algarismo arábico
[Matemática]   [Matemática]  O mesmo que algarismo árabe.

algarismo romano
[Matemática]   [Matemática]  Cada um dos 7 sinais do sistema de numeração romano, composto pelas combinações de 7 letras do alfabeto latino (geralmente maiúsculas): I, V, X, L, C, D e M, que correspondem, respectivamente, a 1, 5, 10, 50, 100, 500 e 1000.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "Algarismos" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Podem informar-me se o verbo queixar-se pode ser utilizado sem o pronome reflexivo e em que situação isso ocorre.
O verbo queixar-se é um verbo pronominal; no entanto, o pronome se não é um pronome reflexo, mas o que é designado por “se inerente”. Esta construção é diferente da construção reflexa lavar-se, em que o sujeito é ao mesmo tempo agente e paciente da sua acção (eu lavo-me = eu sou lavado por mim), ou da construção reflexa recíproca beijar-se, em que um sujeito complexo ou colectivo é ao mesmo tempo agente e paciente da mesma acção (o casal beija-se = cada um dos elementos do casal beija e é beijado); em ambas estas construções, o pronome reflexo desempenha uma função de complemento directo. Na construção queixar-se, porém, não há uma acção do sujeito sobre si próprio (eu queixo-me = *eu sou queixado por mim; o asterisco indica agramaticalidade), e o pronome pessoal não tem valor reflexo, nem reflexo recíproco, nem impessoal, nem apassivante, mas parece fazer parte do verbo e das suas propriedades lexicais. No caso de queixar-se, nenhuma das acepções do verbo permite outra forma que não a pronominal (ex.: *ele queixou à irmã; *o doente queixava de dores de cabeça). Há ainda o caso de outros verbos que admitem quer uma construção não pronominal (ex.: esqueci o livro em casa) quer uma construção pronominal com um se inerente (ex.: esqueci-me do livro em casa).



Venho pedir uma consideração acerca da palavra compto, que tenho vindo a usar como sinónimo de "âmbito", mas segundo me constou, é apenas uma deturpação técnica de cômputo. Desde já manifesto os mais sinceros agradecimentos pelo esclarecimento.
A forma compto não existe; a grafia correcta é cômputo, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, e significa “cálculo, contagem” (ex.: O cômputo dos dias de férias está incorrecto; No cômputo geral, a participação foi positiva).
pub

Palavra do dia

pan·de·gar pan·de·gar - ConjugarConjugar
(pândega + -ar)
verbo intransitivo

Andar em pândegas ou festas; gostar de estroinices. = ESTROINAR, FARREAR, FRANGALHOTEAR

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/Algarismos [consultado em 22-11-2019]