Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

wie auch

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Qual é a diferença entre puseste-a e puseste-la? Já li ambas aplicadas e no entanto não sei qual é a diferença ou se alguma delas está incorrecta.
Ambas as expressões estão correctas, mas correspondem a formas verbais de pessoas gramaticais diferentes (tu/vós) do pretérito perfeito do indicativo, pelo que não podem ser aplicadas no mesmo contexto.

A forma puseste-a corresponde à segunda pessoa do singular (= tu puseste alguma coisa), enquanto a forma puseste-la corresponde à segunda pessoa do plural (= vós pusestes alguma coisa).

A construção *tu puseste-la (= *tu pusestes alguma coisa) é agramatical, como indica o asterisco, e resulta da confusão entre as formas verbais da segunda pessoa do singular e do plural do pretérito perfeito. Convém por isso ter presente que a segunda pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo não tem s final (tu puseste), ao contrário da 2ª pessoa do plural (vós pusestes).




Executa-se trabalhos de carpintaria e Executam-se trabalhos de carpintaria. Ambas as Frases estão gramaticalmente correctas? Na afirmativa, qual a preferível?
Do ponto de vista exclusivamente linguístico, as duas frases estão correctas, importando no entanto analisar ambas as estruturas para as compreender.

Assim, na estrutura da primeira frase (Executa-se trabalhos de carpintaria), estamos perante um pronome pessoal clítico -se, com função de sujeito impessoal que acompanha um verbo no singular, sendo semanticamente equivalente a “alguém executa trabalhos de carpintaria”. Na estrutura da segunda frase (Executam-se trabalhos de carpintaria), estamos perante um pronome pessoal clítico -se apassivante que surge com um verbo no plural a concordar com o sujeito que é trabalhos de carpintaria, sendo semanticamente equivalente a “trabalhos de carpintaria são executados”.

Do ponto de vista do uso da língua, a estrutura da primeira frase (Executa-se trabalhos de carpintaria) é por vezes desaconselhada por alguns gramáticos. Na Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA (Edições Sá da Costa, 1984, 14ª ed., pp. 308-309), há mesmo uma indicação de que “Em frases do tipo: Vendem-se casas. Compram-se móveis. considera-se casas e móveis os sujeitos das formas verbais vendem e compram, razão por que na linguagem cuidada se evita deixar o verbo no singular.”

Palavra do dia

ter·gi·ver·sar ter·gi·ver·sar

- ConjugarConjugar

(latim tergiversor, -ari, voltar atrás)
verbo intransitivo

1. Voltar as costas (ex.: não é possível tergiversar frente às novas dificuldades).

2. Usar de evasivas, procurar rodeios, empregar subterfúgios (ex.: o réu tergiversou para ganhar tempo). = RODEAR

3. Demonstrar receio ou falta de segurança em tomada de decisão (ex.: tergiversou mas depois aceitou o convite). = HESITAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/wie%20auch [consultado em 24-05-2022]