PT
BR
Pesquisar
Definições



tribunal

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
tribunaltribunal
( tri·bu·nal

tri·bu·nal

)


nome masculino

1. Lugar onde se administra justiça.

2. Lugar onde qualquer magistrado desempenha o seu cargo.

3. Conjunto de magistrados que compõem o tribunal.

4. Audiência.

5. Jurisdição de magistrado.

6. [Figurado] [Figurado] Diz-se da jurisdição de coisas morais consideradas como juízes.


tribunal de árbitros avindores

[Antigo] [Antigo] [Direito] [Direito]  Designação dada a um tribunal de assuntos laborais.

tribunal da inconfidência

[Antigo] [Antigo] [Direito] [Direito]  O que julgava os crimes de alta traição.

tribunal de Deus

[Religião] [Religião]  Justiça divina.

tribunal de júri

[Direito] [Direito]  Conjunto de cidadãos que deve julgar um processo penal juntamente com um colectivo juízes.

tribunal de penitência

[Religião católica] [Religião católica]  O confessionário; a confissão.

etimologiaOrigem etimológica:latim tribunal, -alis.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tribunal" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber qual o antônimo de pensando.
É difícil encontrar uma palavra antónima para o verbo pensar (o mais fácil é a locução não pensar). No entanto, e apenas em alguns contextos, é possível utilizar o antónimo esquecer (por exemplo, pensou no pai) ou desconhecer (por exemplo, pensou na solução mais correcta).



Gostaria de esclarecer a dúvida seguinte: o predicado de uma frase pode ou não conter outros elementos como complementos directo e indirecto, circunstanciais, atributo, predicativo do sujeito? Pelo que leio na gramática de Celso Cunha e Lindley Cintra e em outras parece que sim, mas surgiram dúvidas sobre o assunto na minha escola.
O predicado é um conceito complexo. No entanto, e especialmente quando é o ensino e a explicitação da língua o que está em causa, é necessário definir conceitos operatórios. Assim, pode dizer-se que o predicado é constituído pelo verbo e pelos constituintes que dele dependem (por oposição aos constituintes que dependem da frase), correspondendo ao sintagma verbal. Por esta ordem de ideias, o complemento directo e o complemento indirecto pertencerão necessariamente ao predicado (ex.: ele ouviu um disco; o gato gostou da refeição; o aluno entregou o trabalho ao professor), assim como o predicativo do sujeito (ex.: a mãe está doente), o predicativo do complemento directo (ex.: o grupo achou a proposta interessante) ou o predicativo do complemento indirecto (ex.: ela chamou incompetente ao colega).

Segundo o Dicionário Terminológico, o predicado é uma “função sintáctica desempenhada pelo grupo verbal e pelos modificadores do grupo verbal”, sendo que o grupo verbal é constituído pelo verbo e pelos seus complementos obrigatórios. Este dicionário, da responsabilidade da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação, visa contribuir para a discussão e resolução de problemas científicos e pedagógicos, pode auxiliar a investigação imprescindível aos docentes e ajuda ao esclarecimento de dúvidas como aquela que agora nos colocou.