PT
BR
Pesquisar
Definições



transformada

A forma transformadapode ser [feminino singular de transformadotransformado], [feminino singular particípio passado de transformartransformar] ou [adjectivo feminino e nome femininoadjetivo feminino e nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
transformadatransformada
( trans·for·ma·da

trans·for·ma·da

)


adjectivo feminino e nome femininoadjetivo feminino e nome feminino

[Geometria] [Geometria] Diz-se de ou curva geométrica deduzida de outra, segundo determinada lei.

etimologiaOrigem etimológica:feminino de transformado.
transformartransformar
( trans·for·mar

trans·for·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Mudar a forma de; metamorfosear.

2. Converter, trocar.

3. Alterar, variar, tornar diferente do que era.


verbo pronominal

4. Mudar de forma.

5. Converter-se.

6. Metamorfosear-se; disfarçar-se.

etimologiaOrigem etimológica:latim transformo, -are.
transformadotransformado
( trans·for·ma·do

trans·for·ma·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se transformou.

2. Que tomou nova forma; desfigurado.

etimologiaOrigem etimológica:particípio de transformar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "transformada" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).