Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tract��rio

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Gostaria de saber se é correto o uso das locuções haja visto ou haja vista. Qual das duas é a correta e em que ocasiões devem ser usadas?
A locução haja vista pode ter diferentes usos:
1) Pode ser seguida das preposições a ou de: “haja vista ao assunto”, “haja vista dos argumentos”;
2) Pode manter-se invariável: “haja vista as situações”;
3) Pode flexionar o segundo termo da locução (que neste caso funciona como adjectivo, ao contrário dos exemplos restantes, onde tem função substantiva): “haja vistas as coisas”, “haja visto o caso”;
4) Pode flexionar o verbo: “haja vista o caso”, “hajam vista as opiniões”;
5) Sempre que a preposição em seja utilizada entre o verbo e o substantivo, mantém-se invariável: “haja em vista as situações”.

Como se pode ver pelo acima exposto, ambas as locuções estão correctas. No entanto, há que ter em conta que haja vista pode ser utilizada invariavelmente em todas as construções sintácticas enquanto haja visto tem necessariamente de concordar com o que se lhe segue: “haja visto o assunto”/”haja vistos os assuntos”.

Palavra do dia

lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã de ca·me·lo |ê|


nome feminino

Tecido de lã com fio de seda. = GINGELINA, GINGERLINA

Plural: lãs-de-camelo.Plural: lãs-de-camelo.

• Grafia no Brasil: lã de camelo.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: lã de camelo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: lã-de-camelo


• Grafia em Portugal: lã-de-camelo.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tract%C3%AF%C2%BF%C2%BD%C3%AF%C2%BF%C2%BDrio [consultado em 16-01-2022]