Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tossiu

3ª pess. sing. pret. perf. ind. de tossirtossir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tos·sir tos·sir

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Fazer o esforço e o ruído que a tosse determina.

2. Imitar voluntariamente o ruído da tosse.

verbo transitivo

3. [Figurado]   [Figurado]  Expelir da garganta.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "tossiu" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Secreto Jerry Parr verificou Reagan, procurando por algum ferimento causado por tiro, o presidente tossiu em alto som, o sangue começou a espumar, indicando que seu pulmão foi perfurado..

Em Geopedrados

" O chelaxiano tossiu água do mar e tentou balançar uma arma parecida com um gancho em sua...

Em confrariadearton.blogspot.com

vítima da gripe tossiu cinco vezes na cara do voluntário ..

Em Um Homem das Cidades

Ela acenou com as mãos e tossiu

Em confrariadearton.blogspot.com

respirou, espirrou ou tossiu contra aquele vidro em que você cochilou enquanto sua cabeça está nas nuvens??

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Li o texto do Acordo Ortográfico de 1990 e outros textos sobre o assunto, e tomava a liberdade de perguntar qual a posição da Priberam relativamente aos prefixos sub-, ad- e ab- quando seguidos por palavra iniciada por r cuja sílaba não se liga foneticamente com o prefixo. Concretizando: sub-rogar ou subrogar; ad-rogar ou adrogar; ab-rogar ou abrogar? O Acordo, aparentemente, é omisso quanto à matéria, e já vimos opções diferentes da por vós tomada na versão 7 do FLIP.
O texto legal do Acordo Ortográfico de 1990 (base XVI) é, de facto, omisso relativamente ao uso de hífen com prefixos terminados em consoantes oclusivas (como ab-, ad- ou sub-) quando o segundo elemento da palavra se inicia por r (como em ab-rogar, ad-rogar ou sub-rogar). Para que seja mantida a pronúncia [R] (como em carro) do segundo elemento, terá de manter-se o hífen, pois os casos de ab-r, ad-r, ob-r, sob-r, sub-r e afins são os únicos casos na língua em que há os grupos br ou dr (que se podiam juntar a cr, fr, gr, pr, tr e vr) sem que a consoante seja uma vibrante alveolar ([r], como em caro ou abrir). Se estas palavras não contiverem hífen, o r ligar-se-á à consoante que o precede e passará de vibrante velar (ex.: ab[R], sub[R]) a vibrante alveolar (ex.: ab[r], sub[r]). Não se pode, por isso, alterar a fonética por causa da ortografia, nem alterar a grafia, criando uma excepção ortográfica, só porque o legislador/relator ou afim escamoteou ou esqueceu este caso. O argumento de que a opção de manter o hífen nestes casos segue o espírito do acordo pode reforçar-se se olharmos, por exemplo, para os casos dos elementos de formação circum- e pan-, onde não se criam excepções à estrutura silábica, nem à pronúncia (cf. circum-escolar e não circumescolar; pan-africano e não panafricano).
Pelos motivos expostos, a opção da Priberam é manter o hífen nos casos descritos.




Hoje li um título no JN que me deixou curiosa e me fez ler a notícia completa para saber o significado do título que, mais ou menos, dizia o seguinte: O novo IP3 vai ser uma auto-estrada e portagado. Esta palavra portagado deixou-me a pensar em gado(!) mas, no final, percebi que se relacionava com o pagamento de portagens. Por isso, pergunto se existe algum verbo portagar, ou, na minha opinião, no mínimo, portajar.
A forma correcta deverá ser, de facto, portajado e não portagado. Esta forma corresponde ao particípio passado adjectival do verbo portajar, que tem o significado de 'colocar portagem em'. O verbo portajar, que se encontra já averbado no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora), é um neologismo correctamente formado a partir de portagem, sob a forma portaj-, à semelhança de outras derivações a partir de palavras terminadas em -agem (ex.: coragem > encorajar; linguagem > linguajar; massagem > massajar; viagem > viajar). Pelo contrário, não há, em português, verbos terminados em -agar derivados de palavras terminadas em -agem.

É ainda de referir que existem algumas ocorrências em corpora do verbo portagear, que ainda não se encontra dicionarizado, apesar de estar correctamente formado. Este verbo portagear deriva da aposição do sufixo -ear ao radical portag- da palavra portagem, à semelhança de outros verbos derivados de palavras terminadas em -agem (ex.: chantagem > chantagear; homenagem > homenagear; massagem > massagear).

pub

Palavra do dia

der·máp·te·ro der·máp·te·ro


(grego dérma, -atos, pele + -ptero)
adjectivo
adjetivo

1. [Entomologia]   [Entomologia]  Relativo aos dermápteros.

nome masculino

2. [Entomologia]   [Entomologia]  Espécime dos dermápteros.


dermápteros
nome masculino plural

3. [Entomologia]   [Entomologia]  Ordem de insectos de asas curtas ou inexistentes, cujo abdómen termina em dois ganchos em forma de tenaz.


SinónimoSinônimo Geral: DERMATÓPTERO, EUPLEXÓPTERO

Confrontar: dermóptero.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tossiu [consultado em 04-07-2022]