Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
saltosalto | s. m.
saltosalto | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de saltarsaltar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

sal·to sal·to 2
(latim saltus, -us, passagem estreita, floresta, prado)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Área densamente arborizada. = BOSQUE, FLORESTA, MATA, SOUTO

2. Terreno com pequena elevação. = OUTEIRO


sal·to sal·to 1
(latim saltus, -us, salto, de salio, -ire, saltar)
nome masculino

1. Acto ou efeito de saltar; ricochete; pulo.

2. Catadupa, queda-d'água.

3. Transposição.

4. Passagem brusca e sem graus intermediários.

5. Pilhagem; assalto.

6. Parte do calçado que faz altear o calcanhar.Ver imagem = TACÃO

7. [Jogos]   [Jogos]  Movimento do cavalo no jogo do xadrez.

8. [Música]   [Música]  Subida repentina da voz fora do mesmo compasso.

9. [Marinha]   [Marinha]  Arreamento, em pequena quantidade, da escota, da adriça ou de qualquer cabo.

10. [Caça]   [Caça]  Processo de caça em que o caçador se desloca para procurar, levantar, perseguir, apanhar ou matar os animais a caçar.


de salto
Num pulo; de repente.

salto à vara
[Portugal]   [Portugal]   [Desporto]   [Esporte]  Modalidade de atletismo em que, após uma corrida inicial para ganhar balanço, o atleta finca uma vara longa e flexível no chão para se impulsionar e transpor uma fasquia horizontal, caindo, geralmente de costas, sobre um colchão.

salto beduíno
Salto mortal de costas ou para trás, com torção no ar e queda de frente.

salto com vara
[Brasil]   [Brasil]   [Desporto]   [Esporte]  O mesmo que salto à vara.

salto de vara
[Brasil]   [Brasil]   [Desporto]   [Esporte]  O mesmo que salto à vara.

salto em altura
[Desporto]   [Esporte]  Modalidade de atletismo em que, após uma corrida inicial para ganhar balanço, o atleta faz uma curva antes de se elevar rodando o corpo para transpor uma fasquia horizontal, caindo de costas sobre um colchão.

salto em comprimento
[Portugal]   [Portugal]   [Desporto]   [Esporte]  Modalidade de atletismo em que o atleta tenta percorrer no ar sobre uma caixa de areia a maior distância possível a partir de uma marca.

salto em distância
[Brasil]   [Brasil]   [Desporto]   [Esporte]  O mesmo que salto em comprimento.

salto mortal
[Desporto]   [Esporte]  O que se executa dando o corpo uma volta completa no ar, para diante, para trás, ou para o lado, sem que as mãos toquem no chão. = MORTAL

salto triplo
[Brasil]   [Brasil]   [Desporto]   [Esporte]  O mesmo que triplo salto.

triplo salto
[Portugal]   [Portugal]   [Desporto]   [Esporte]  Modalidade de atletismo semelhante ao salto em comprimento, mas com dois apoios antes do salto sobre a caixa de areia.


sal·tar sal·tar - ConjugarConjugar
(latim salto, -are, dançar, representar pantomima)
verbo transitivo e intransitivo

1. Transpor por meio de um salto (ex.: saltar uma fogueira; o cavalo tem de confiar no cavaleiro para saltar). = GALGAR, PULAR

verbo intransitivo

2. Impulsionar o corpo para se elevar do chão; dar saltos (ex.: a criança saltava de alegria). = PULAR, SALTITAR

3. Desprender-se com ímpeto (ex.: a tampa saltou devido à pressão do gás).

4. Pulsar com veemência (ex.: sentia o coração saltar no peito). = PULAR

verbo transitivo

5. Lançar-se com impulso de um lugar para outro (ex.: o gato não salta para cima da mesa; saltaram da janela). = ATIRAR-SE, LANÇAR-SE, PULAR

6. Levantar-se rapidamente (ex.: saltou do sofá e foi a correr abrir a porta). = PULAR

7. Descer ou sair rapidamente, geralmente de um meio de transporte (ex.: saltou na estação seguinte). = APEAR-SE, PULAR

8. Surgir de modo repentino (ex.: não conseguiu esconder as lágrimas que saltavam dos olhos; um grito saltou-lhe da boca). = BROTAR, IRROMPER, JORRAR

9. [Figurado]   [Figurado]  Mudar bruscamente de uma situação ou de um assunto para outro. = PASSAR

10. Passar em claro, inadvertida ou voluntariamente (ex.: saltei algumas partes do texto). = NEGLIGENCIAR, OMITIR, PULAR

11. Aumentar, subir (ex.: no privado, o preço das consultas salta para o dobro; as despesas saltaram de 7% para 10% do orçamento). = PULAR

12. [Informal]   [Informal]  Fazer vir (ex.: salta uma feijoada para a mesa 10).

13. [Brasil]   [Brasil]  Fazer, o macho, a cobrição da fêmea. = COBRIR


saltar fora
[Informal]   [Informal]  Deixar de estar envolvido ou de participar; pular fora.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "salto" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Uma professora minha disse que nunca se podia colocar uma vírgula entre o sujeito e o verbo. É verdade?
Sobre o uso da vírgula em geral, por favor consulte a dúvida vírgula antes da conjunção e. Especificamente sobre a questão colocada, de facto, a indicação de que não se pode colocar uma vírgula entre o sujeito e o verbo é verdadeira. O uso da vírgula, como o da pontuação em geral, é complexo, pois está intimamente ligado à decomposição sintáctica, lógica e discursiva das frases. Do ponto de vista lógico e sintáctico, não há qualquer motivo para separar o sujeito do seu predicado (ex.: *o rapaz [SUJEITO], comeu [PREDICADO]; *as pessoas que estiveram na exposição [SUJEITO], gostaram muito [PREDICADO]; o asterisco indica agramaticalidade). Da mesma forma, o verbo não deverá ser separado dos complementos obrigatórios que selecciona (ex.: *a casa é [Verbo], bonita [PREDICATIVO DO SUJEITO]; *o rapaz comeu [Verbo], bolachas e biscoitos [COMPLEMENTO DIRECTO]; *as pessoas gostaram [Verbo], da exposição [COMPLEMENTO INDIRECTO]; *as crianças ficaram [Verbo], no parque [COMPLEMENTO ADVERBIAL OBRIGATÓRIO]). Pela mesma lógica, o mesmo se aplica aos complementos seleccionados por substantivos (ex. * foi a casa, dos avós), por adjectivos (ex.: *estava impaciente, por sair) ou por advérbios (*lava as mãos antes, das refeições), que não deverão ser separados por vírgula da palavra que os selecciona.

Há, no entanto, alguns contextos em que pode haver entre o sujeito e o verbo uma estrutura sintáctica separada por vírgulas, mas apenas no caso de essa estrutura poder ser isolada por uma vírgula no início e no fim. Estes são normalmente os casos de adjuntos nominais (ex.: o rapaz, menino muito magro, comeu muito), adjuntos adverbiais (ex.: o rapaz, como habitualmente, comeu muito), orações subordinadas adverbiais (ex.: as pessoas que estiveram na exposição, apesar das más condições, gostaram muito), orações subordinadas relativas explicativas (ex.: o rapaz, que até não tinha fome, comeu muito).




Uma amiga minha perguntou-me se esta palavra existe: experienciar.
Nenhum dicionário regista de modo exaustivo o léxico de uma língua e o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) não é excepção. Apesar de não constar no DPLP, o verbo experienciar, sinónimo de experimentar, está dicionarizado em diversas obras portuguesas, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (6 vol., Lisboa: Círculo de Leitores, 2002), o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004) ou o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007). A sua formação (a partir do substantivo experiência + sufixo -ar) é análoga à de outros verbos da língua portuguesa, como, por exemplo, influenciar, minudenciar, referenciar ou vivenciar.
pub

Palavra do dia

o·ca·ra |ò| o·ca·ra |ò|
(tupi o'kara)
nome feminino

[Brasil]   [Brasil]  Praça de uma aldeia indígena.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/salto [consultado em 09-08-2020]