Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

repatriamento

repatriamentorepatriamento | n. m.
derivação masc. sing. de repatriarrepatriar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

re·pa·tri·a·men·to re·pa·tri·a·men·to


(repatriar + -mento)
nome masculino

Repatriação.


re·pa·tri·ar re·pa·tri·ar

- ConjugarConjugar

(re- + pátria + -ar)
verbo transitivo

1. Fazer regressar à pátria.

verbo pronominal

2. Voltar à pátria.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "repatriamento" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Após a queda, o governo da Tchecoslováquia mudou o repatriamento de seus cidadãos do transporte aéreo para o terrestre..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

A justiça belga negou o repatriamento do músico, pedido por Espanha..

Em VISEU, terra de Viriato.

repatriamento de recursos;;

Em Caderno B

...do metro com as suas cores e um porta-voz designou-o como o “comboio do repatriamento ” com “destino a Cabul”..

Em www.ultraperiferias.pt

...os Estados Unidos, assim como a cooperação na prevenção do crime transfronteiriço e no repatriamento de imigrantes ilegais, além de outras oito medidas específicas..

Em Caderno B
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo "saraivar" é um verbo abundante, depoente ou impessoal?
A tradição gramatical (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14.ª ed., Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, pp. 442-443) considera saraivar um verbo impessoal, isto é, com flexão apenas na 3.ª pessoa do singular e usado em frases desprovidas de sujeito (ex.: Saraivou durante a manhã). No entanto, é de referir que nem sempre há consenso entre os gramáticos quanto à defectividade de um dado verbo. De facto, obras como o Dicionário de Verbos Portugueses (Porto: Porto Editora, s.d.) ou o Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa (versão 1.0, Instituto Antônio Houaiss, Dezembro de 2001), por exemplo, apresentam a conjugação completa deste verbo. Por seu lado, o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007) classifica saraivar como verbo impessoal apenas na acepção de “cair saraiva”, apresentando a sua conjugação completa no paradigma de nevar, com as formas impessoais destacadas, observando que estes verbos podem ser conjugados hipoteticamente em todas as pessoas (ex.: As pedras saraivavam do topo da montanha).



Para a pergunta: Viu-nos na praia de Tróia? há 2 respostas possíveis: Vi-os ou Vi-vos. Qual a diferença e porquê?
As duas respostas apontadas para a pergunta correspondem a dois tratamentos diferentes. Em vi-os trata-se do pronome pessoal o (a, os ,as) usado para indicar a pessoa a quem o emissor se dirige, quando há tratamento por você ou tratamento por o senhor, a senhora (vi-os será então equivalente a ‘vi os senhores’ ou ‘vi vocês’). Em vi-vos trata-se do pronome pessoal vos usado para indicar a pessoa a quem o emissor se dirige, quando há tratamento por vocês ou tratamento por vós (vi-vos será então equivalente a ‘vi vocês’ ou ‘vi vós’).

No português europeu, as formas de tratamento por você (ou afins, como nos exemplos o senhor não pode passar; o João pode fechar a janela, por favor?; o professor desculpe, mas está enganado) criam muitas incongruências e são por vezes pouco claras para os falantes. Por um lado, estas formas de tratamento, como os pronomes tu ou vós, indicam a pessoa a quem o falante está a dirigir a sua mensagem, pelo que se trata semanticamente de uma segunda pessoa. Por outro lado, gramaticalmente, estas formas de tratamento obrigam ao uso da terceira pessoa (qualquer concordância com a segunda pessoa do singular ou do plural é agramatical, como se pode verificar nos exemplos antecedidos de asterisco: *o senhor não podeis passar; *o João podes fechar a janela, por favor?; *o professor desculpe, mas estás enganado). Por corresponderem gramaticalmente a uma terceira pessoa (equivalente nas concordâncias com os verbos, por exemplo, a ele ou eles), estas formas de tratamento devem, segundo alguns gramáticos, usar os pronomes clíticos de terceira pessoa (o, a os, as para complemento directo: ex.: eu vi-os; lhe ou lhes para complemento indirecto: ex.: eu entreguei-lhes) em vez do pronome vos (complemento directo: ex.: eu vi-vos e indirecto: ex.: eu entreguei-vos).

pub

Palavra do dia

a·cap·no a·cap·no


(latim acapnus, -a, -um, do grego ákapnos, -os, -on)
adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

Diz-se de ou o melhor mel que se extrai da colmeia sem expulsar as abelhas por meio de fumo.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/repatriamento [consultado em 01-12-2022]