PT
BR
Pesquisar
Definições



rebaixo

A forma rebaixopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de rebaixarrebaixar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
rebaixorebaixo
( re·bai·xo

re·bai·xo

)


nome masculino

1. Acto ou efeito de rebaixar ou de se rebaixar. = REBAIXAMENTO, REBAIXE

2. A parte rebaixada.

3. Inclinação no tecto ou telhado de uma casa.

4. Esconso ou quarto no vão inferior de uma escada ou tecto muito inclinado.

5. Encaixe que se abre numa peça para introduzir outra.

6. Abertura para deixar escoar as águas.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de rebaixar.
rebaixarrebaixar
|ch| |ch|
( re·bai·xar

re·bai·xar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tornar mais baixo.ELEVAR

2. Pôr mais no fundo.ELEVAR, SUBIR

3. [Figurado] [Figurado] Deprimir; aviltar; infamar.ELEVAR, ENALTECER, EXALTAR, VALORIZAR

4. Diminuir.


verbo intransitivo

5. Tornar-se mais baixo.

6. Diminuir no preço.


verbo pronominal

7. Humilhar-se; aviltar-se; cometer baixezas.

etimologiaOrigem etimológica:re- + baixar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "rebaixo" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].



Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).