Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

raptar

raptarraptar | v. tr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

rap·tar rap·tar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Praticar rapto em.

2. Arrebatar; roubar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "raptar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Em 2017, a CIA terá considerado raptar e discutido planos para assassinar o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, atualmente preso em...

Em VISEU, terra de Viriato.

...às modernices, instalar um telefone público no recinto, recebeu um telefonema colegial a ameaçarem raptar o seu bambizinho..

Em Camarada Choco - Um prolet

para se encaminhar para Lisboa e raptar o duque e a duquesa de Windsor, na altura alojados na mansão de um...

Em www.clubedoslivros.pt

...interessado apenas no poder e no seu amor excessivo por Elvira, a quem tenta raptar ..

Em Fanáticos da Ópera

-no de a ter estrangulado após a raptar do parque, mas depois em julgamento nada se provara..

Em Dona-Redonda
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Não encontro a palavra desinserido em qualquer dicionário. No entanto ela é profusamente utilizada. É correcto utilizá-la?
De facto, o adjectivo participial desinserido ou o verbo desinserir de que deriva não se encontram registados em nenhum dicionário ou vocabulário consultado. Da mesma família de palavras com o prefixo des-, apenas é possível encontrar a palavra desinserção no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências/Verbo, 2001) e no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004). Qualquer destas palavras está correctamente formada, pois trata-se de derivações formadas com o prefixo de negação des- e com as palavras inserido, inserir e inserção, respectivamente.
pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/raptar [consultado em 19-10-2021]