Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
raiaraia | s. f.
raiaraia | s. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de raiarraiar
2ª pess. sing. imp. de raiarraiar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

rai·a rai·a 2
(latim raia, -ae)
substantivo feminino

1. [Ictiologia]   [Ictiologia]  Peixe de esqueleto cartilaginoso, da família dos raiídeos, de corpo achatado e romboidal, cauda larga e delgada, que vive no mar e de que se conhecem várias espécies.

2. [Brasil]   [Brasil]  Papagaio de papel cuja forma lembra a desse peixe.Ver imagem


SinónimoSinônimo Geral: ARRAIA


rai·a rai·a 1
(alteração de raio)
substantivo feminino

1. Linha; estria; traço; risca.

2. Mancha comprida ou faixa de cor diferente. = BETA, LISTRA

3. Linha divisória ou de limite.

4. Fronteira de país ou região.

5. Divisão de uma piscina, demarcada longitudinalmente por bóias, usada para a prática de natação.

6. [Brasil]   [Brasil]  Recinto para corridas de cavalos. = CANCHA

7. [Informal]   [Informal]  Asneira, erro crasso.


dar raia
[Informal]   [Informal]  Desenrolar-se com problemas; correr mal (ex.: o concurso público deu raia).

mil raias
Fazenda fina de algodão de origem indiana. = ANARRUGA, SIRSACA

passar as raias
Exceder-se, abusar.

tocar as raias de
Ir até ao ponto que separa de.


rai·ar rai·ar - ConjugarConjugar
(raia + -ar)
verbo transitivo

1. Fazer riscas em. = BETAR, ESTRIAR, RAJAR, RISCAR

2. Estriar o interior do cano das armas de fogo.

verbo intransitivo

3. Brilhar, despedir raios luminosos.

4. Começar a despontar no horizonte.

5. [Figurado]   [Figurado]  Aparecer, surgir.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "raia" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Devo dizer em Porto Moniz ou no Porto Moniz (Porto Moniz é um município)?
Como poderá verificar na resposta topónimos com e sem artigos, esta questão não pode ter uma resposta peremptória, pois as poucas e vagas regras enunciadas por alguns prontuários têm muitos contra-exemplos.

No caso de Porto Moniz, este topónimo madeirense enquadra-se na regra que defende que não se usa geralmente o artigo com os nomes das cidades, localidades e ilhas, regra que tem, contudo, muitas excepções. Nesse caso, seria mais indicado em Porto Moniz.

Por outro lado, não pode ser ignorado o facto de os falantes madeirenses geralmente colocarem artigo neste caso (no Porto Moniz, mas também no Porto da Cruz ou no Porto Santo, outros dois casos em que o mesmo problema se coloca). Do ponto de vista lógico, e uma vez que a regras das gramáticas são vagas, este pode ser o melhor critério para decidir utilizar o artigo com este topónimo.

Pelos motivos acima apontados, pode afirmar-se que nenhuma das duas opções está incorrecta, uma (em Porto Moniz) seguindo as indicações vagas e pouco fundamentadas de algumas gramáticas, outra (no Porto Moniz) podendo ser justificada pelo facto de os habitantes da própria localidade utilizarem o artigo antes do topónimo e também pelo facto de a palavra Porto ter origem num nome comum a que se junta uma outra denominação (no caso, o antropónimo Moniz que, segundo José Pedro Machado, no Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, corresponde a “um dos mais antigos povoadores da ilha”).




Pode explicar-me por que é que na frase - Quico, não faças isso, que me estragas a consola! a forma verbal faças está incorrecta?
O imperativo negativo da segunda pessoa do singular e do plural constrói-se, em português, com o presente do conjuntivo antecedido pela partícula de negação (ex.: mostra-me o que tens nas mãos/nunca me mostres o que tens nas mãos; saí daí/não saiais daí). Assim, a flexão faças (segunda pessoa do singular do presente do conjuntivo e segunda pessoa do singular do imperativo negativo do verbo fazer) está correctamente empregue na frase que refere.
pub

Palavra do dia

an·te·ri·a·no an·te·ri·a·no
(Antero [de Quental], antropónimo + -iano)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo a Antero de Quental (1842-1891), poeta e filósofo português, à sua obra ou ao seu estilo (ex.: obra anteriana; soneto anteriano).

adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

2. Que ou quem admira ou se dedica ao estudo e à investigação da obra de Antero de Quental.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/raia [consultado em 18-04-2019]