Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

fulminado

fulminadofulminado | adj.
masc. sing. part. pass. de fulminarfulminar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ful·mi·na·do ful·mi·na·do


adjectivo
adjetivo

1. Ferido (pelo raio ou pelo que se lhe compara).

2. Tocado de doença, que prostra imediatamente.

3. [Figurado]   [Figurado]  Aterrado; apavorado.

4. Decretado, imposto como sentença de excomunhão.


ful·mi·nar ful·mi·nar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Lançar raios contra ou sobre.

2. Ferir (como fere o raio).

3. Destruir, subverter, aniquilar.

4. Matar instantaneamente.

5. Arrojar, despedir, lançar de si.

6. Condenar, invectivar.

7. [Religião católica]   [Religião católica]  Decretar excomunhões, anátemas.

verbo intransitivo

8. Lançar raios. = DETONAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "fulminado" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...ao cemitério, mas pouco depois do cadáver ter entrado no jazigo, Hintze Ribeiro caiu fulminado ao encaminhar-se para a porta do cemitério..

Em Geopedrados

Ao voltar com a água, o taxista o encontrou morto – fulminado por um derrame..

Em blog0news

A águia regalar-se-á, mas quem tomba, fulminado , é o guerreiro e herói da Maratona, o autor de As Suplicantes ,...

Em De Rerum Natura

O médico, que o sabia são como um pêro, estranhou que tivesse caído fulminado ..

Em TEMPO CONTADO

morir fulminado por el trallazo de las balas, bajo el sol triste de los fusilamientos, frente...

Em humorgrafe
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Inseri, no vosso corrector ortográfico, a palavra “desejante” que, há tempos, vi escrita, erradamente, em vez do adjectivo “desejoso”. Para surpresa minha, o citado corrector, no português de Portugal, não acusa o erro.
A palavra desejante, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa à nossa disposição, está averbada no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e apresenta-se correctamente formada (através da aposição do sufixo -ante ao verbo desejar), daí a sua inclusão no léxico do corrector ortográfico do FLiP. O adjectivo desejante, cujo uso é bastante frequente (como se pode verificar através de pesquisas em corpora e motores de busca da Internet), partilha do significado do adjectivo desejoso (ex.: ela é uma pessoa desejosa de conhecimento = ela é uma pessoa desejante de conhecimento), apesar de este ser mais frequente e estar já consagrado pelo uso. Ambos resultam de processos regulares de derivação no português, pela junção, respectivamente, do sufixo -ante ao radical de um verbo e do sufixo -oso ao radical de um substantivo.



Qual das frases está correcta? Situação A: 1) Devo-lhes dizer que a comida está saborosa. 2) Devo dizer-lhes que a comida está saborosa. Situação B: 1) Está-se a pensar naquilo (de) que mais gostaram de fazer. 2) Está a pensar-se naquilo (de) que mais gostaram de fazer. Coloca-se (de) ou não na frase? Diz-se Está-se a pensar... ou Está a pensar-se...
A dúvida menciona dois tópicos diferentes.
O primeiro relaciona-se com a colocação dos clíticos, pronomes pessoais de uma só sílaba (como o, a, me, nos, lhe, se, etc.), que não têm acentuação própria e por isso dependem do acento da palavra que está imediatamente antes ou depois (normalmente um verbo). Sobre esta questão aconselhamos a leitura da dúvida posição dos clíticos, para uma introdução mais geral ao tema tratado. Para uma resposta mais específica à dúvida, aconselhamos a leitura de outras dúvidas já respondidas sobre o mesmo assunto: sobre a situação A, pode ser consultada a dúvida posição dos clíticos com o verbo dever como auxiliar e respectiva remissão para posição dos clíticos em locuções verbais, a qual poderá também ser consultada para a dúvida relativa à situação B.

O segundo tópico abrange a estrutura argumental do verbo gostar. Este verbo constrói-se habitualmente com a preposição de (ex.: Gosta de chocolate; Gostaram de ir ao cinema), mas é muito usual esta preposição ser elidida quando o complemento do verbo é uma oração introduzida por uma conjunção completiva (ex.: Ele não gosta [de] que façam barulho; O carro [de] que gostamos é muito caro). Este fenómeno, comum a outros verbos (ex.: Convenceu a mãe [de] que precisava de dinheiro), não é de aceitação generalizada, pelo que, em registos formais ou cuidados, deverá ser evitado (ex. Ele não gosta de que façam barulho; O carro de que gostamos é muito caro).

pub

Palavra do dia

ar·tão ar·tão


(grego ártos, -ou, bolo ou pão de farinha de trigo)
nome masculino

[Pouco usado]   [Pouco usado]  Alimento feito de massa de farinha de cereais cozida num forno. = PÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/fulminado [consultado em 16-10-2021]