PT
BR
Pesquisar
Definições



querela

A forma querelapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de querelarquerelar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de querelarquerelar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
querelaquerela
|é| |é|
( que·re·la

que·re·la

)


nome feminino

1. Discussão; debate; contestação; disputa.

2. Pendência.

3. Queixa ou denúncia apresentada em juízo e na qual se pede imposição de pena e reparação de agravo.

4. Libelo.

5. [Linguagem poética] [Linguagem poética] Queixume; lamento; queixa.

6. Canto terno ou plangente.

querelarquerelar
( que·re·lar

que·re·lar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Promover querela contra alguém.

2. Queixar-se em juízo.

3. Disputar; ralhar; discutir.


verbo pronominal

4. Queixar-se, lamentar-se.

Auxiliares de tradução

Traduzir "querela" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta de dizer em português: biossensor ou biosensor?
A grafia correcta, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários por nós consultados, deverá ser biossensor, por analogia com outras palavras formadas a partir do prefixo de origem grega bio-, que exprime a noção de “vida”: biossatélite, biossintético, biossistema, etc. Este comportamento é também análogo ao de alguns prefixos terminados em o, como sejam retro-, socio- e tecno-, que obrigam à duplicação do r e do s quando o elemento ao qual se apõem se inicia por uma dessas consoantes.



Em que situações utilizamos a conjunção e seguida da vírgula (e,)?
É importante sublinhar que o uso da vírgula, como o da pontuação em geral, é complexo, pois está intimamente ligado à decomposição sintáctica, lógica e discursiva das frases (por favor consulte a dúvida vírgula antes da conjunção e). Em termos muito gerais, pode dizer-se ainda que a vírgula se destina a ser usada com duas funções distintas: por um lado marca coordenações ou disjunções, isto é, com função idêntica às conjunções e, ou, nem (ex.: nabos, cenouras, batatas idêntico a nabos e cenouras e batatas ou a nabos ou cenouras ou batatas), por outro lado, marca um leque muito variado de estruturas sintácticas.

Especificamente sobre a questão colocada, a vírgula pode surgir depois da conjunção e se houver necessidade de ser utilizada para isolar estruturas sintácticas entre vírgulas, especialmente adjuntos adverbiais deslocados (ex.: A beterraba é usada na alimentação e, industrialmente, na produção de açúcar.) e orações intercaladas (ex.: A beterraba é usada na alimentação e, continuou o orador, na produção de açúcar.).