PT
BR
Pesquisar
Definições



queijo

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
queijoqueijo
( quei·jo

quei·jo

)
Imagem

Lacticínio derivado do leite coalhado.


nome masculino

1. Lacticínio derivado do leite coalhado.Imagem

2. Coisa comestível que pela forma se assemelha ao queijo.

3. [Gíria] [Gíria] Negócio.


é queijo

Expressão que significa que alguma coisa é boa, que um negócio é lucrativo ou não é para desprezar.

queijo amanteigado

Aquele cuja pasta é muito cremosa.Imagem

queijo azul

Queijo com veios azulados ou esverdeados devido aos fungos.

queijo coalho

[Brasil] [Brasil] [Culinária] [Culinária]  Variedade de queijo de leite de vaca fermentado e coalhado, de massa branca, firme e macia, típico do Nordeste brasileiro.

queijo de coalho

[Brasil] [Brasil] [Culinária] [Culinária]  O mesmo que queijo coalho.

queijo do reino

[Brasil] [Brasil] O mesmo que queijo flamengo.

queijo flamengo

[Portugal] [Portugal] Queijo de leite de vaca, geralmente esférico ou em barra, de fabrico industrial.

queijo fresco

Queijo que não é curado.Imagem

queijo saloio

Pequeno queijo branco e macio, feito de leite de cabra.

etimologiaOrigem etimológica:latim caseus, -i.
Confrontar: gueijo.

Auxiliares de tradução

Traduzir "queijo" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Poderiam esclarecer o feminino de chimpanzé? Seria a chimpanzé ou o chimpanzé fêmea?
A palavra chimpanzé é um epiceno, isto é, um substantivo que tem apenas um género (masculino ou feminino) para designar um animal, seja ele macho ou fêmea. Sempre que é necessário referir o sexo dos animais, usa-se as palavras macho ou fêmea pospostas ao nome do animal. Por este motivo, o feminino de chimpanzé deverá ser o chimpanzé fêmea. Se se tratasse de girafa, o masculino seria a girafa macho.

Além de chimpanzé, são também exemplos de epiceno palavras como falcão, girafa, melga ou tigre.




Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).