Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
promoverpromover | v. tr. | v. pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pro·mo·ver |ê| pro·mo·ver |ê| - ConjugarConjugar
(latim promoveo, -ere)
verbo transitivo

1. Fazer com que se execute, que se ponha em prática alguma coisa.

2. Fomentar, desenvolver.

3. Anunciar os feitos, os valores ou as vantagens de (ex.: promover um produto).

4. Causar, originar.

5. Elevar a posto mais graduado ou a dignidade maior.

6. [Direito]   [Direito]  Requerer, propor.

verbo pronominal

7. Fazer a sua própria promoção; anunciar os seus feitos ou valores. = AUTOPROMOVER-SE

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Como se fala: segue em anexo, segue o anexo ou segue anexo?
Todas as construções que refere estão correctas, apesar de apresentarem estruturas bastante diferentes.

Na primeira (segue em anexo), estamos perante a utilização do verbo seguir com um complemento adverbial (em anexo) que indica modo (ex.: o ficheiro segue em anexo [= anexamente]).

Na segunda frase (segue o anexo), o sintagma nominal o anexo tem função de sujeito da frase, pelo que tem de haver concordância em número e pessoa com o verbo (ex.: segue o anexo; seguem os anexos).

Na terceira frase (segue anexo), anexo é um adjectivo que funciona como predicativo do sujeito, pelo que deverá concordar em género e em número com o mesmo (ex: segue anexo o documento; segue anexa a documentação).




Muitas vezes constato, ao ver televisão, que alguns jornalistas dizem, dirigindo-se para o entrevistado: "Obrigado por ter aceite o nosso convite..". Outros dizem: "Obrigado por ter aceitado o nosso convite...". Em qual das situações a pergunta está bem formulada?
Nos verbos que admitem particípios passados regulares e irregulares, a forma regular – terminada em -ado (para a 1.ª conjugação) ou -ido (para as 2.ª e 3.ª conjugações) – é habitualmente usada com os auxiliares ter e haver para formar tempos compostos (ex.: obrigado por ter aceitado o nosso convite) e as formas do particípio irregular são maioritariamente usadas com os auxiliares ser e estar para formar a voz passiva (ex.: a nossa proposta foi aceite).

Para além das formas aceitado e aceite, o verbo aceitar admite ainda aceito como forma irregular do particípio passado, apesar de esta forma ser mais usada no português do Brasil (ex.: as nossas propostas foram aceitas).

pub

Palavra do dia

fu·lus·tre·co |é| fu·lus·tre·co |é|
(talvez de fulano)
nome masculino

1. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Qualquer pessoa cujo nome se desconhece ou se quer omitir. = FULANO, INDIVÍDUO, SUJEITO, TIPO

2. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Indivíduo que se considera insignificante ou sem poder económico. = HOMÚNCULO, JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/promover [consultado em 29-10-2020]