Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

piscos

masc. pl. de piscopisco
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pis·co pis·co 2


(espanhol pisco, de Pisco, topónimo)
nome masculino

Tipo de aguardente vínica.


pis·co pis·co 1


(derivação regressiva de piscar)
adjectivo
adjetivo

1. Que pisca muito, por hábito. = PISQUEIRO

2. Que está entreaberto.

adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

3. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Que ou quem vê mal ao longe. = MÍOPE

4. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Que ou quem come pouco ou não come de tudo. = BIQUEIRO

nome masculino

5. [Ornitologia]   [Ornitologia]  Pássaro dentirrostro.


comer como um pisco
[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Comer muito pouco.

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Piscos ..

Em daniel abrunheiro

...brilho que cega & sega, doendo em água quente nos olhos já de si piscos & priscos..

Em daniel abrunheiro

Assomos de franqueza se nos rareiam, a nós polutos, brutos, piscos , mani’dani’nhos, d’inveja verdes..

Em daniel abrunheiro

Ontem como amanhã (se um amanhã florir a meus olhos piscos ), a arte de r-existir ditará, como ditou sempre, seu regulamento, o qual abarca...

Em daniel abrunheiro

fartamente a arroz & pão – pombas, pardais, arvéolas, melros, rôlas, poupas, piscos ..

Em daniel abrunheiro
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




Gostaria que me explicassem qual das expressões é a correta:
"Isto não tem nada a ver com aquilo."
"Isto não tem nada haver com aquilo."
Das frases que menciona, apenas a primeira (isto não tem nada a ver com aquilo) está correcta, pois, neste caso, a locução ter a ver com significa "estar relacionado com" ou "dizer respeito a" (ex.: fisicamente, o filho não tem nada a ver com o pai; quem disse que eu tenho alguma coisa a ver com essa história?). A segunda frase (*isto não tem nada haver com aquilo) está incorrecta e a dúvida resulta da semelhança fonética do verbo haver com a sequência a ver da locução ter a ver com.

É também a proximidade fonética entre ter a ver (com) e ter a haver que está na origem de outra dúvida muito semelhante, comum a muitos falantes de português, a que já respondemos aqui. É o caso em que a locução ter a ver (com) é confundida com a locução ter a haver, muito mais rara, que significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: a senhora ainda tem troco a haver; já recebi tudo, não tenho mais nada a haver). Nesse caso, qualquer frase decorrente de uma estrutura como ela não tem nada a _____ [ver/haver] com aquilo, é correcta: ela não tem nada a ver com aquilo significa “ela não tem relação com aquilo; aquilo não lhe diz respeito”; ela não tem nada a haver com aquilo significa “ela não recebe nada com aquilo”. No entanto, é altamente provável que, no caso dessa estrutura, a intenção seja indicar que o assunto ou a situação de que se está a falar [aquilo] não diz respeito ao interlocutor ou ao sujeito de quem se fala, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase isto não tem nada a ver com aquilo.

pub

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/piscos [consultado em 28-10-2021]