Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

nacreé

nacreénacreé | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

nacreé nacreé


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Dúvidas linguísticas


Existe na gramática portuguesa de Portugal o termo d'água? Meu corretor ortográfico indica que sim e na pesquisa do FLiP On-line diz que contém erro. Poderiam me confirmar se existe ou não?
O apóstrofo existe na ortografia do português de Portugal como existe na do português do Brasil, mas apenas em casos limitados (uso literário ou em compostos hifenizados com a preposição de) e para indicar a supressão de uma vogal, normalmente antes de outra vogal (ex.: mãe-d'água, pau-d'água).
Por este motivo, o corrector do FLiP e o Dicionário Priberam não reconhecem a expressão d'água isolada; reconhecê-la-ão apenas integrada numa palavra composta hifenizada como mãe-d'água ou pau-d'água.




Na frase seguinte estou com uma dúvida: Pouco depois de saírem do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos. A primeira frase pouco depois de saírem do cinema estará correcta? Não ficará melhor pouco depois de sair do cinema?
Nas orações temporais, como pouco depois de saírem do cinema, usa-se geralmente o infinitivo flexionado. Nos casos em que o sujeito da oração subordinada é o mesmo da oração subordinante, mas em que o mesmo não está expresso, como na frase que refere, pode também ser usado o infinitivo impessoal (pouco depois de sair do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos). Ambas as hipóteses que menciona são então possíveis, apesar de ser mais frequente o uso do infinitivo flexionado neste tipo de orações temporais.

Se, no entanto, houver um sujeito expresso na oração subordinada temporal, é obrigatório o infinitivo flexionado (pouco depois de eles saírem do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos; *pouco depois de eles sair do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos; o asterisco indica agramaticalidade).

pub

Palavra do dia

i·ni·quí·ci·a |qüí|i·ni·qüí·ci·a i·ni·quí·ci·a |qüí|


(iníquo + -ícia)
nome feminino

1. [Antigo]   [Antigo]  Qualidade ou carácter do que é iníquo ou injusto.

2. [Antigo]   [Antigo]  Grande injustiça.

3. [Antigo]   [Antigo]  Acto malvado. = CRIME, PECADO, PERVERSIDADE


SinónimoSinônimo Geral: INIQUIDADE
AntónimoAntônimo Geral: EQUIDADE


• Grafia no Brasil: iniqüícia.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: iniquícia.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: iniqüícia


• Grafia em Portugal: iniquícia.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/nacre%C3%A9 [consultado em 09-02-2023]